A Lucimar vai adorar esta; ela é tipo a mulher maravilha, se vira sem ajudante a anos. Enfrenta um tanque de roupa depois põe um terninho e vai dar uma palestra.

Bem, a minha empregada que era “ótima ” em dezembro agora anda me dando nos nervos.

Primeiro que eu achei que ela era nordestina pois fala com sotaque arrastado. Mas a bichinha veio pro estado de São Paulo aos 4 anos de idade, e 42 anos depois ainda não perdeu o sotaque?

E ela fala cantado, o resto da familia dela não…o quanto este sotaque tem de falsificado só Deus sabe.

Nestes dias de férias eu ficava longe o tempo todo pra não ouvir conversa mole.

Eu, nem seis meses depois de vir de Ribeirão pra cá já estava falando o caipirês  de Araçatuba…

Depois a danada deu de se achar doente. Entrou não tinha nada, “raçuda“, um “pé de boi pra trabalhar” e ” comigo não tem tempo quente“…

Depois, “ai, que tô resfriando…”minha pressão tá tão alta…

E tem as doenças de sábado! Em julho ela faltou dois sábados, e traz atestado, pois “estava no pronto socorro”.

E teve o sabado que tinha que “levar mainha pra ver tia que estava doente“, e eu deixei, porque tenho dó de gente velhinha, estas coisas, um dia tambem vou ser velha…

Segunda passada ela ía fazer um exame mas nem veio trabalhar pois  “como o médico demorou pra chegar, ela ficou nerrrrvosa, passou mal e ficou interrrnada…” ahhh se eu ficasse internada cada vez que fico nervosa…

A minha casa anda marromeno limpa.

Não ligo muito, pois vou me mudar, mas me preocupo se ela vai manter o padrão porquinho na casa nova.

Descobri como é que ela limpa os banheiros: uma vez por semana ela lava e o resto ela varre, dá descarga e joga desinfetante!

Fui falar que as peças tem que ser lavadas todo dia, jogar uma agua no chão, e ela respondeu: ahhh mas tá limpinho, aqui todo mundo é educado!

Ela é descuidada com tdo o que usa: maquina de lavar, ferro de passar roupa, microondas, e quando eu aviso sobre isso, ela se diz “doidinha mesmo“.

Doidinha sou eu, mas tudo bem, eu conserto ela…

E tem a questão da maledetta unha vermelha putaquepariu! Eu já avisei que na casa nova tá proibido isso!

Ela risca as paredes quando arruma as camas, risca os armarios…por onde passa com aquelas garras vermelhas, deixa sua marca!

Ela até chega no horário, 8:00, mas às 14 já está acabando tudo pra ir embora.  Eu acho o fim do mundo, pois ela deixa roupa no varal, coisas sem guardar, no final acabo fazendo muito mais do que eu deveria.

E porque eu to irritada hoje, se desde o começo do ano ela já está marromeno? Porque hoje ela foi embora às 11 pra levar o resultado dos exames no médico!

É incrivel como indo embora tão cedo ela ainda marca médico, dentista e o caralho no horário de serviço!

Ahhh se comprou uma moto ZERO, paga quase 300 por mes, eu penso duas vezes antes de fazer uma conta de 6 meses e ela me vai lá e compra pra pagar em 6 anos!

Andava de mototaxi quando entrou aqui, agora tem moto, melhorou de vida, pois so o filho trabalhava e ela acha que a melhora veio de onde?

de mim, pô!

A bicha é mal agradecida. Aliás, empregada nenhuma é agradecida à patroa.

Então é assim: tem algum site, blog, associação, sei lá o que de proteção às patroas desamparadas?

Porque sindicato ajudando as empregadas tem de monte!

E as coitadas das patroas?

Sobre Lilian

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em empregadas, encarnando a Zefa. Bookmark o link permanente.

10 respostas para

  1. Sil disse:

    Essas coisas fazem parte do fantástico reino da sacolândia…Ei, me fala mais desta Lucimar, quero saber como ela se organiza. Aqui em casa eu procuro dar conta de tudo (ou quase tudo…). Mas pra mim é bem mais fácil, já que atualmente eu trabalho como jornalista freelance, faço meus horários e somos só dois seres humanos e duas gatas aqui.

    Vejo tanta reclamação sobre empregadas domésticas que eu desanimo de contratar diaristas, apesar da canseira que dá o serviço de casa…acho que vou me render a elas só quando não der mais conta mesmo. O que vejo de gente reclamando que tem de refazer parte do serviço, que acaba com várias coisas estragadas…ninguém merece…

    Boa sorte, tomara que você encontre uma das raras empregadas boas que ainda existem por aí…

    Beijão

    Sil
    esquinadasil.blogspot.com

  2. Rosi disse:

    Lilly…me desculpe,mas não tem como não rir com esse seu carma de empregadas…rsrsrsrsrsrsrs…troca logo por outra!

  3. Le disse:

    Se encontrar o tal blog, site, associação avisa que minha mãe tb vai querer fazer parte!! rssss
    Lilly a daqui tb é folgadinha.
    Tem diabetes e acha q pode comer tudo que vê na frente (sem pedir) e ainda ficar saudável (o que é impossível).
    Bom, oq fica na geladeira da cozinha de fora ela devora!!
    Simples assim, sem pedir. Minha mãe faz arroz doce, canjica, pudim, salada de fruta etc e deixa na cozinha de fora quando não tem espaço na outra geladeira. Sempre oferecemos tudo pra fofona (tam GG), ela come e tal. Mas aí qdo n tem ninguém próximo ela vai la e come TOOOOODO o pote num dia só.
    É mole?
    Na lavanderia ela pega pra usar 4 barras de sabão de uma vez e joga fora qdo ainda resta 30% de cada… É de dar nos nervos.
    Esses dias minha mãe foi pedir pra ela temperar direito o feijão pq tava sem gosto, ela acha ruim… E olha que minha mãe é muito educada e beeem boazinha. Até de mais na minha opinião.
    Ixi tem tanta coisinha que vai irritando. E é reclamona q dói até os ouvidos. Só vive com dor em tudo, mas não enfia na cabeça que quem é diabético tem de cuidar mto bem da alimentação.
    Ah ela tem qualidade, claro. Não é de faltar (oq é raríssimo), chega na hora, costuma(va) limpar a casa direito, é de confiança…
    Daí alguem pode perguntar: mas pq não dispensa e procura outra?
    SImplesmente pq tá super difícil achar empregada (pelo menos por aqui). Hj elas só querem fazer “faxina” (passar pano no chão, tirar pó e lavar banheiro) pq acaba compensando $$$$ mais.
    O negócio é ir levando, falando, explicando, corrigindo… até qdo n der mais.
    Tem hora que é preciso engolir alguns sapos né.
    Melhor quem se vira sem elas viu.

  4. Emília disse:

    Se o problema fosse apenas o sotaque, né Lilly? Mas com tudo que você relatou se conclui que: sua empregada não tem mais jeito. Ela não faz questão alguma de se adequar às suas necessidades, porque na visão dela quem tem que se adequar é você. Quem sabe ao ser dispensada, ela aprenda a lição e tente ser uma boa empregada em outra residência…

  5. Kelly disse:

    Que medo hein, me livre de uma folgada dessa, pior que até hoje não encontrei alguém que me satisfizesse, e eu achando que o problema tava comigo…rsrs
    bjs

  6. Sil disse:

    Dizem que o pessoal nos Estados Unidos e boa parte da Europa se vira sem empregadas porque lá elas custam caro demais…cada um faz o seu…parece que o jeito é a maioria aqui entrar nessa onda também…

    Bjs,

    Sil
    esquinadasil.blogspot.com

  7. dalva disse:

    Olá ,ta mais calminha?
    Só vou ter ajudantes na minha casinha,quando eu não consegui sair da cama,Deus me livre!!!
    Tenho 50 anos e nunca tive uma,as amigas só reclamam delas,pra que vou querer encrenca.
    Faço quando da e posso,pra fazer mais ou menos faço eu mesma.
    Tenho ciume das minhas coisas e não tenho paciÊncia.
    Arruma outra minha linda,vai tentando…
    bjos e te cuida.

  8. Bruna-Emagrecentro disse:

    Liliiiian…tinha q ser vc mesmo….adorei esse post…morri de rir e vc esta coberta de razao…kkkk bjaooo

  9. Cidinha disse:

    Lily,
    eu entendo vc perfeitamente e as outras colegas tb.
    Tb já mudei inúmeras vezes até encontrar a atual há dois meses. No início achei perfeita… mas bastou ter que deixá-la sozinha, ela devora não só os alimentos da geladeira e do armário, como tb os produtos de limpeza,,, cada vez que vou mercado e compro tudo de novo, na semana seguinte tem bilhetinho pedindo de novo…e olhe que ela vem só em segundas-feiras alternadas…. kkkkkkk…. e ainda exige (mas eu não ligo) as marcas dos produtos que quer que eu compre…
    No inicio ela vinha trazendjs. a todaso todas as vezes paninhos novos de limpeza, tipo fraldinhas de bebe de tecido para eu comprar para ela fazer a faxina a R4 2,00 cada…. parei bem no início…kkkkk
    Elas simplesmente pensam que para nós o dinheiro sai pelas torneiras…
    O papel higienico é um rolo e meio cada vez que vem em casa, pode???
    Afffff…
    Deus me proteja de uma crise desconfiança!
    Beijos a tods!!!!!
    Inté

  10. Pila disse:

    Lilly oi, tb tenho pensado se ha algum site, blog, associação, sei lá o que de proteção às patroas desamparadas, se nao tem podemos fazer um das patroas unidas.
    Com sugestoes de contratos, nomes de otimos advogados, podemos ver se conseguimos advogados gratuitos como elas, trocarmos experiencias e ver ate se podemos colocar os nomes das que sao profissionais em criar problemas na vida dos patroes. E colocar o nome das que sao boas e trabalham bem. Dicas de como viver sem elas e muito mais tranquilas.
    Tem muitas coisas a serem feitas conte comigo, para criar um site ou blog.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s