10º livro de 2017 – Fazendo Pose, de Claire Dederer

Só pra constar, eu já estou na 16ª semana do ano ( e vocês também) e só li 10 livros até agora.]

Deste jeito não tem como prosperar aquele meu plano de 50 livros por ano.

Ganhei este livro de uma amiga, e ele ficou lá na minha mini cômoda esperando na fila para ser lido.

Antes eu tivesse lido antes, pois me diverti muito. Não é apenas um livro, é a história de Claire Dederer mesmo!

SINOPSE : ” Quando Claire procurou a ioga, não sabia bem o que esperar. Queria aliviar a dor nas costas que a incomodava, ter um corpo mais forte e quem sabe, aquele brilho místico do olhar dos iogues. Com um misto de esperança e descrença, ela deu o primeiro passo rumo a um processo de transformação que jamais imaginara. Ressentida com o marido, exausta com a maternidade, irritada com a onipresença da mãe e oprimida pelas cobranças da sociedade, Claire estava vivendo um redemoinho de insatisfações. Mas como todos esperavam que ela fosse perfeita, vestia uma máscara de felicidade e seguia adiante. No entanto, a ioga a colocou frente a frente com suas emoções. Ao ter de permanecer imóvel numa postura, lutando contra o fluxo incessante de pensamentos, o inevitável aconteceu. A angústia que tanto escondia de si mesma veio à tona.

Ela percebeu que o esforço exagerado para superar as dificuldades de cada postura era uma metáfora de sua vida – uma luta constante para provar que era melhor do que de fato se sentia.
Esta é a história de alguém que superou seus conflitos por meio da ioga e uma fascinante introdução ao universo dessa prática milenar. É, sobretudo, um relato sincero, surpreendente e cativante sobre o casamento, a maternidade e a busca de si mesmo.”

A Claire do livro tem 30 anos, é casada com Bruce e tem uma filha linda de 18 meses, Lucy. Obcecada em ser uma boa mãe, abriu mão de um emprego normal e trabalha em casa, como escritora fazendo resenhas de livros para um jornal A Claire da vida real é uma jornalista que escreve artigos para revistas como a Vogue, The N Y Times, etc…

Tanta dedicação e de tanto carregar o enorme bebê pra cima  pra baixo acabaram dando como efeito colateral uma terrível dor nas costas e Claire busca na ioga um alivio.

A escritora narra a história por um período de 10 anos, em que mostra como através dos exercícios e meditação conseguiu também se libertar de assuntos mal resolvidos, como sua infância, a forte influência de sua mãe, antigos ressentimentos e brigas.

Tudo de uma forma bem humorada.

Anúncios

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em livros. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s