1º livro de 2017 – O Amante Japones _ Isabel Allende

SINOPSE:”Uma paixão secreta que perdurou por quase setenta anos. Em 1939, ano da ocupação da Polônia pelos nazistas, Alma Mendel, de oito anos, é enviada pelos pais para viver em segurança com os tios em São Francisco. Lá, ela conhece Ichimei Fukuda, filho do jardineiro japonês da família. Despercebido por todos ao redor, um caso de amor começa a florescer. Depois do ataque a Pearl Harbor, no entanto, os dois são cruelmente separados. Décadas depois, presentes e cartas misteriosos são descobertos trazendo à tona uma paixão secreta que perdurou por quase setenta anos. Varrendo através do tempo e abrangendo diferentes gerações e continentes, ‘O amante japonês’ explora questões de identidade, abandono, redenção, e o impacto incognoscível do destino em nossas vidas.”

Muitas pessoas desconhecem este lado dos EUA, quando logo após o ataque a Pearl Harbor milhares de japoneses INCLUSIVE OS QUE NASCERAM NOS EUA, foram encarcerados em campos de concentração.

De 1942 à 1948 estes cidadãos foram retirados de suas casas e enviados a campos de concentração. Ao todo foram criados dez campos nos estados de Idaho, Geórgia, California, Utah, Colorado, Wyoming, Arizona, e Arkansas.

Perderam tudo: casas, objetos de valor, seus negócios e principalmente a dignidade.

Neste livro ao relatar a permanencia de Ichimei no campo de concentração, Isabel consegue suavizar falando como a extrema organização dos orientais impedia que a vida ali, embora dificil e inóspita, fosse um inferno.

Durante a leitura minha atenção era focada o tempo todo na figura de Alma Belasco ( nome de casada de Alma), uma mulher que sem ser bonita tinha uma presença notável e uma personalidade fortíssima.

Quando o livro começa, Alma está morando em uma casa de repouso que nada tem a ver com sua posição social, pois é voltada a classe média…e ao ler a descrição de suas roupas soltas em linho de tons acinzentados e beges eu a achei parecida com Vanessa Redgrave em Cartas para Julieta.

Eu costumo dar uma cara conhecida aos meus personagens preferidos…Não achei uma cara pra Ichimei Fukuda…Ele fica  na sombra de Alma…mas conseguiu dar significado à vida dela…e suavizar de leve seu sofrimento.

Como todo livro de Isabel Allende… dá vontade de deitar abraçada com ele quando acabamos, e lamentar por não ter 1000 páginas, pedir pela continuação…sei lá…

Publicado em livros | 1 Comentário

38º livro de 2016 – A Garota na teia de Aranha – David Lagercrantz

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Eu ía colocar a capa do livro e quando fui puxa-lo para fotografar, Miúcha Miuchyskaya se apossou dele e fincou suas unhas possessivamente tipo “é meu…“.

Aqui em casa as gatas mandam…e eu obedeço.

A Garota na teia de Aranha é  a continuação da famosa serie “Millennium”, do escritor e jornalista sueco Stieg Larsson.

Como voce sabem, Larsson  morreu em  2004 de um ataque cardiaco enquanto subia as escadas do seu predio e não viu seus livros serem publicados.

A Trilogia “Millennium” é composta de “Os homens que não amavam as mulheres” , “A menina que brincava com fogo” e “A rainha do castelo de ar”, que venderam quase 100 milhões de cópias até hoje.

Diz-se que estava prevista para ter 10 livros, mas a morte prematura de Larsson pos fim a esta ideia.

Em todos os livros os protagonistas são o jornalista Mikael Blomkvist, e a hacker Lisbeth Salander.

Na Suécia todos os livros foram adaptados para o cinema e os personagens Blomkvist e  Salander, vividos por Michael Nyqvist  e Noomi Rapace são infinitamente melhores que os protagonizados pelos americanos Daniel Craig e Rooney Mara. Ainda bem que os americanos pararam no primeiro.

Em 2015, 11 anos depois da morte de Larsson, David Lagercrantz deu continuidade a serie com a devida autorizaçao dos herdeiros ( pai e mãe do Larsson, pois a viuva não ficou com NADA!).

A Garota na Teia de Aranha não é baseada em nenhum manuscrito deixado por Larsson, infelizmente, pois Lagercrantz se perde em narrativas inuteis.

SINOPSE – Uma muralha virtual impenetrável: é assim que se pode definir a rede da NSA, a temida agência de segurança americana. Quando a mensagem “Você foi invadido” piscou na tela de Ed Needham, responsável pelos computadores que guardam alguns dos maiores segredos do mundo, ele custou a acreditar. A tentativa de localizar o criminoso também não trazia frutos, as pistas não levavam a lugar nenhum, cada indício terminava num beco sem saída. Que hacker seria capaz de algo assim?

Lagercrantz andou bebendo em alguns filmes hollywoodianos.

O garoto autista testemunha de um assassinato?

Ja vi isto naquele filme deo Bruce Willy, Codigo para o Inferno.

Resumo da ópera: se eu tivesse que dar “estrelinhas” para cada livro da trilogia ja mencionado acima, cada livro ficaria com 5. Larsson era genial.

“A garota…” ficaria com duas e ta muito bom.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

37º livro de 2016 – Biblioteca de Almas – Ransom Riggs

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

O ultimo livro da trilogia das crianças peculiares.

Diante de uma série eu sempre fico em duvida se leio a série toda, ou intercalada com outros livros.

Esta em particular eu preferi ler de uma vez…a confusão na minha cabeça ja era muita e eu com certeza ficaria com duvidas.

SINOPSE: Neste terceiro livro, depois de sofrer com a morte do avô, conhecer crianças com habilidades peculiares em uma fenda temporal e partir pelo mar em uma busca desesperada para curar a srta. Peregrine, Jacob vai finalmente enfrentar a inevitável conclusão dessa turbulenta jornada. Jacob descobre uma poderosa habilidade e não demora a explorá-la para resgatar os amigos peculiares e as ymbrynes da fortaleza dos acólitos. Junto com ele vai Emma Bloom, uma menina capaz de produzir fogo com as mãos, e Addison MacHenry, um cão com faro especial para encontrar crianças perdidas.”

Jacob e Emma vão resgatar seus amigos no Recanto do Demonio uma fenda no tempo totalmente diferente das conhecidas pelas crianças. Ali não só tudo é muito feio, como a maldade e drogas são comuns.

É neste livro que sabemos como se criaram os etéreos e o responsável é nada menos que Caul, irmão da srta Peregrine, que invejoso dos poderes da irmã enveredou pela pratica do mal..

RESUMO DA ÓPERA: ou eu estou tremendamente enganada ou esta trilogia poderia ter sido escrita de maneira mais leve e explicita.

Publicado em livros | Deixe um comentário

36º livro de 2016 – Cidade dos Etéreos – Ransom Riggs.

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

O segundo livro da trilogia das crianças peculiares e um pouco mais complicado que o primeiro.

SINOPSE: Neste segundo livro, o grupo de peculiares precisa deter um exército de monstros terríveis, e a srta. Peregrine, única pessoa que pode ajudá-los, está presa no corpo de uma ave. Jacob e seus novos amigos partem rumo a Londres, cidade onde os peculiares se concentram. Eles têm a esperança de, lá, encontrar uma cura para a amada srta. Peregrine, mas, na cidade devastada pela guerra, surpresas ameaçadoras estão à espreita em cada esquina. E, além de levar as crianças a um lugar seguro, Jacob terá que tomar uma decisão importante quanto a seu amor por Emma, uma das peculiares.”

Engraçado que etéreo tem tantos significados, mas sempre no sentido poético de que é algo divino e puro, mas no livro, os  etéreos são monstros horríveis que se alimentam das almas dos peculiares. Eles são invisíveis e entre todas as crianças, só o jovem Jacob pode ve-los e controla-los. Este é o seu poder e aí no segundo livro percebemos que Jacob também é peculiar.

Depois de se alimentarem de almas suficientes se transformam em outra espécie tão ruim quanto a primeira, que são os acólitos.

Tào ou mais confusa fiquei com este livro, mas intrépida e teimosa segui para o terceiro…

Publicado em livros | Deixe um comentário

35º livro de 2016 – O Orfanato da Srta Peregrine para Crianças Peculiares – Ransom Riggs

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

De repente o submarino começa a me bombardear com oferta desta livro, 19,90.

Gostei da capa, já quis logo ler todos e comprei a trilogia.

É o primeiro livro da trilogia que tem também A Cidade dos Etéreos e Biblioteca de Almas.

SINOPSE: Tudo está à espera para ser descoberto em “O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares”, um romance que tenta misturar ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo – por mais impossível que possa parecer – ainda podem estar vivas.”

A idéia é que existem algumas crianças que são peculiares…não é que elas tenham poderes, mas peculiaridades como ser invisível, flutuar, lançar chamas pelas mãos, ter uma força descomunal ou uma segunda boca na nuca.

Elas vivem protegidas numa fenda do tempo, em uma infancia que nunca acaba sob os cuidados de uma ymbryne, um ser humano capaz de se transformar em ave.

Eu senti um pouco de dificuldade em imaginar as situações e as fotos antigas e apagadas não ajudaram em nada.

Sinceramente eu deveria ter visto o filme primeiro…

Publicado em livros | Deixe um comentário

34º livro de 2016 – Relíquias, de Tess Gerritsen

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Primeiro livro de Tess Gerritsen que leio…

Vejo na orelha que ela é ex medica e que alguns de seus livros são sobre isso.

Folheando o livro encontrei dois nomes conhecidos: Jane Rizzoli e Maura Isles!

As duas (Jane Rizzoli é uma detetive da Homicidios e Maura é médica legista) formam a dupla bacanérrima da série Rizzoli and Isles que eu assisto sempre na TNT Séries..

Ok, então a história começa quando uma múmia é encontrada no Museu Crispin, um museu que pertence a uma família de ricaços colecionadores de troféus.

Ninguem sabe como a mumia apareceu, ou quem a trouxe, ela simplesmente esteve numa caixa por anos, até ser encontrada quando se fazia um levantamento do estoque.

Depois da tomografia descobriu-se que não era uma mumia de dois mil anos, mas o corpo de uma mulher preservado com as mesmas tecnicas egipcias de embalsamamento.

Tem -se ai não uma descoberta arqueológica, mas um assassinato que aconteceu a não muito tempo.

A história toda tem uma ligação com uma funcionária do museu, a egiptóloga Josephine Pulcillo, mas vai ser dificil descobrir o elo de ligação já que Josephine se nega a revelar seu passado.

Um livro INTRIGANTE…

Publicado em livros | Deixe um comentário

33º livro de 2016 – Irmã da Sombra, Lucinda Riley

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Então para quem está lendo a Saga das Sete Irmãs, este é o terceiro livro dela.

E até agora o que eu mais gostei. Re-lem-bran-do: são seis irmãs, todas com nomes de estrelas das Pleiades,  que retornam à propriedade do pai, apelidado carinhosamente de Pa Salt, depois de serem infirmadas de sua morte. Não há nenhum corpo para ser velado, já que Pa Salt pediu para que se caixão fosse jogado ao mar.

As meninas foram adotadas vindas de diversas partes do mundo e pa Salt deixa para cada uma a coordenada de seu lugar de nascimento.

Cabe a cada moça ir atras ( ou não) de seu passado.

As irmãs D’Apliese, Maia, Ally ( Alcíone), Estrella ( Asterope), Ceci (Celeno), Tiggy ( Taigeta) e Electra. A sétima filha, Mérope  nunca foi não encontrada…o que não significa que não possa ainda aparecer, pois em se tratando de Lucinda Riley, tudo pode acontecer.

Cada livro passa tao suavemente da época atual para o passado que parecem duas histórias diferentes. Só que cada fato vai se amarrando e ao final,  uma bela tapeçaria de fatos conta história de cada moça com fatos que atravessam várias geraçoes.

Então sabemos que Maia seguiu a pista de um azulejo pintado à mão e descobriu que nasceu no Brasil; Ally seguindo as pistas da carta e um amuleto de sapinho encontra seus parentes na Noruega.

Estrella é a “sombra”de sua irmã Ceci. Trazida para casa com poucos meses de diferença, cresceram juntas, como gemeas, e Ceci, de temperamento forte sempre decidiu tudo pela irmã.

Ela interpreta sua carta com as coordenadas, mais um amuleto de um gato Estrela junto com uma frase de seu pai:  “O carvalho e o cipreste não crescem à sombra um do outro.”

É uma dica clara que ela deve sair da sombra de sua irmã Ceci e seguir sua vida.

Ela ja sabe que sua antepassada é Flora MacNichol, mas ela vai ter que conhecer toda a história desta moça inglesa para descobrir seu passado e em que parte dele se encaixa.

Cada livro acaba com uma duvida: estaria Pa Salt vivo, já que alguem muito parecido com ele parece seguir as filhas de perto?

O proximo livro da saga é o The Pearl Sister (A Irmã Pérola) sobre Ceci… e deverá ser lançado ate dezembro…

Estamos curiosos.

Publicado em livros | Deixe um comentário

32º livro de 2016 – Sob o Sol da Índia – Julia Gregson

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Em 1928, três jovens inglesas partem no navio Kaiser-i-Hindi para Bombaim, na Índia. Cada uma carrega, no íntimo, a crença de que aquela jornada será o ponto de partida para algo novo, que determinará o restante de suas vidas. Unidas pelo destino, elas verão suas companheiras se tornarem definitivamente mulheres, cada qual a seu modo, mas de maneira irreversível. Viva Holloway é uma jovem aspirante a escritora que decide voltar à Índia, onde foi criada, para reencontrar seu passado. Para atingir seu objetivo, se emprega como dama de companhia da inexperiente Rose, que está a caminho da então colônia para se casar com um oficial britânico que mal conhece. Junto com elas vão Guy Glover, um garoto agressivo e arredio, e Victoria, amiga de infância de Rose que será dama de honra em seu casamento. Tor, como Victoria se apresenta, busca na viagem a libertação das imposições morais da sociedade inglesa.

Julia Gregson escreveu um fascinante romance de formação, em que reaviva os costumes dessas duas culturas no início do século XX, descrevendo com brilho a sociedade britânica do entre guerras e toda a riqueza cultural da Índia na época de sua independência. Nesse mundo em transformação, conhecemos a construção da personalidade de três mulheres em meio a um período em que a identidade de um povo se afirmava. Como no célebre livro de Gertrude Stein, Três vidas, são três mulheres diferentes que têm em comum o desconforto com todos os ditames, as exigências e os limites decorrentes de terem nascido mulheres em sua época e classe social. Mas as personagens de Gregson vão além da sujeição à sua época. Viva, Rose e Tor encontram uma maneira própria de conquistar sua liberdade, sob o sol da Índia.”

ps 1- control C control V na resenha da editora…a falta de tempo me obriga a cada coisa!

ps2-gostaram da foto do livro em cima desta linda estampa indiana???

Publicado em livros | Deixe um comentário

31º livro de 2016 – O Lago Místico, Kristin Hannah

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Ahhhhhh Kristin Hannah…

Chegou outro dia e já se transformou numa das minhas escritoras americanas preferidas.

Annie viveu 20 anos para seu marido Blake e a filha adolescente, sendo  a melhor esposa e mãe que poderia até ser trocada por uma jovem advogada.

A bomba estoura em seu colo, logo após embarcar sua filha para um intercâmbio na Inglaterra.

Nada é capaz de mudar a cabeça de seu marido, que diz já não ama-la a muito tempo. Ele sai de casa e pede que ela aceite a decisão dele.

Ela se refugia  na casa do pai, em Mystic, para tentar entender como foi que sua vida virou uma bagunça. Com 39 anos, sendo que mais da metade ela se dedicou a famíia, Annie se sente totalmente perdida.

Chegando na cidade, ela procura visitar os lugares conhecidos e revê um antigo namorado (Nick) que se casou com sua melhor amiga, Kate.

A noticia ruim é que Kate morreu e sua pequena filha Izzy se refugiou num mundo so dela.

Annie se aproxima de Nick para tentar ajuda-lo a tocar a vida o que não vai ser fácil, pois ele se tornou alcoolatra.  Aos poucos a antiga paixão que Annie tinha por Nick vai voltando. Mas Blake, arrependido, vai a Mystic pedir que Annie reconsidere… A partir daí o que parecia ja estar caminhando para um final feliz muda totalmente.

Um romanção. Mais aos estilo Nicholas Sparks que ao estilo de Kristin, mas gostei.

Publicado em livros | Deixe um comentário

30º livro de 2016 – O Tamanho do Céu – Thrity Umrigar

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Quem me conhece sabe que eu gosto da Thrity hein????

Então eu fiquei um pouco perdida no início do livro que começa contando a morte do pequeno Benny, filho único de Frank e Ellie e como este acontecimento parece ter acabado com o amor deles.

Frank culpa Ellie pela morte do menino, mas demora muito para que a gente perceba o por que.

Abalados emocionalmente, o casal se muda para a Índia onde Frank é o responsável por uma fabrica de remédios.

A Índia de Ellie é mais divertida que a de Frank, pois Ellie ama a cultura e a comida do país, e se distrai fazendo trabalho voluntário, conhecendo pessoas.

Já o trabalho de Frank se revela uma bomba relógio pois explora uma planta que é vital para a subsistência da aldeia. Sem poder explorar este material, os habitantes se veem sem recursos.

Para suavizar a tensão entre o casal, aparece Ramesh, o filho de 9 anos do casal de empregados. Ramesh é vivo e inteligente e Frank começa a se afeiçoar ao menino, e esta amizade diminui a sua dor. Este carinho não é bem visto pelo ciumento pai do garoto, mas Frank tenta dribar isso.

O conflito entre eles vai acabar de uma maneira bem tipica deles…tragicamente.

E no final, pelo que pude entender, Ellie não concorreu para a morte da criança, Frank apenas precisava culpar alguem pela sua enorme dor.

Publicado em livros | Deixe um comentário