45º livro de 2015 – Quem tem medo de escuro?

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Sidney Sheldon é diversão garantida ou seu dinheiro de volta, sempre!

Neste movimentado romance, um cientista consegue programar um computador para controlar as condições climáticas do mundo, não para ajudar as populações que sofrem, mas para ganhar muito dinheiro!

Às vezes nos pensamos  como seria bom se pudessemos ter um aparelho assim, em que vc movesse para outro lugar sedento as nuvens que afogam uma localidade.

Daria para controlar o clime, e todos teriam plantaçoes, muito verde…

É um sonho, que eu acho impossivel, pois se tal maquina existisse NUNCA SERIA USADA PARA O BEM.

Este é o penultimo livro escrito por Sheldon, em 2004

Depois ele escreveu sua biografia I (O Outro Lado de Mim) …parece que ja prevendo a morte.

Hoje os livros “dele” são escritos pela inglesa Tilly Bagshawe, com a autorização dos Sheldons ( escolhi a foto mais bonita dela, ok??)

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Tilly conseguiu reproduzir todos os maneirismos e idiossincrasias de Sheldon e dá até para se imaginar lendo um livro do criador de Jeannie é um Genio ( e Casal 20, tambem), até nos lembrarmos que ele morreu em 2007.

Publicado em livros | Deixe um comentário

44º livro de 2015 – A Assinatura de Todas As Coisas, Elizabeth Gilbert

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Elizabeth Gilbert chamou a atenção do mundo com Comer, Rezar, Amar.

Nele, a escritora fala de seu ano sabatico, voltado totalmente para o conhecimento, e o lançamento do filme estrelado por Julia Roberts só veio atiçar ainda mais a curiosidade sobre ela.

“A  Assinatura…”é uma ficção  sobre a vida e Alma Whitacker, americana nascida em 1800, filha de um ingles e uma holandesa, a unica herdeira de uma fortuna da Filadelfia.

Apesar de não ter nascido bonita, Alma é dotada de inteligencia e força de vontade.

Alma leva uma vida de estudos sem pensar em amor, até que ele aparece do nada.

Um livro lindo, com uma pesquisa minuciosa.

Publicado em livros | Deixe um comentário

43º livro de 2015- A filha da minha mae e eu – Maria Fernanda Guerreiro

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Leio poucos livros de escritores brasileiros e às vezes tento me redimir escolhendo algum.

Mas sinceramente, ando bem por fora de autores nacionais.

Não vou fazer aqui o que a maioria faz: copiar o resumo todinho da editora, depois inserir frases de efeito tiradas do livro e bla bla bla.

Ja encheu!

É um livro que fala da relaçao dificil da Mariana com sua mãe Helena.

Ponto.

Fim.

A escritora perdeu a chance de falar meeeesmo da relação mais dificil, mais rica e mais bonita que existe entre dois seres humanos: mãe e filha.

Publicado em livros | Deixe um comentário

42º livro de 2015 – O 11º MANDAMENTO, de Abraham Verghese

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Em 1954, nasce em Adis Abeba, capital da Etiópia, os meninos Marion e Shiva, gemeos.

Seu nascimento não poderia ter sido mais traumatico: eles nascem unidos pela cabeça ( mas são separados com sucesso, e sua mãe morre no parto.

Fatos como este acontecem aos milhares, mas a mãe dos meninos, é a freira carmelita Mary Joseph Praise, amiga, colaboradora e amante do medico ingles, Thomas Stone.

Stone desaparece depois do nascimento dos meninos, enlouquecido pela morte de Mary.

Marion e Shiva são criados pelos medicos missionarios Hema e Gosh que solteiros, receberam esta missao de criar duas crianças sem parentesco algum com eles, e se deram muito bem.

Marion conta sua história falando de seu amor pela Etiópia e seus costumes.

Vale a pena, daqueles que quando acaba, voce se pergunta: tem mais?

Publicado em livros | Deixe um comentário

41º livro de 2015 – Esc@ndalo, de Therese Fowler

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Therese Fowler estava envolvida em outro livro quando seu filho lhe disse que iria ser preso por sexting, que é a divulgação de conteúdo erótico enviado por celular ou computador.

É uma pratica muito comum entre namorados o envio de fotos onde a pessoa fica mais ou menos exposta.

Uma burrice na minha opinião, pois um dia tais fotos vazam e, bem, todo dia temos noticias de escandalos assim. É o famoso “confiou no namorado”…

Therese se inspirou no drama vivido por seu filho e escreveu este romance.

Resumidamente: Amélia, 17,  é uma menina boa, estudiosa, filha de um pai (Harlan Wilkes) superprotetor e de uma mãe troféu, daquelas super arrumadinhas e que so diz AMEM aos mandos e desmandos do pai.

Anthony, 18,  é filho da charmosa professora de artes e frances, que cria o filho sozinha com muita dificuldade.

Amelia e Anthony estudam juntos e como tem os mesmos gostos não demora muito pra se apaixonarem, e chegam ao que se esperava desde o inicio: eles transam.

Fazem fotos um do outro, etc… e um dia Harlan, o pai de Amélia encontra o notebook da menina, decide ver o que tem dentro e encontra as fotos que Anthony fez de si mesmo e enviou pra ela.

Pronto, a partir daí a coisa degringola, Amélia fica em prisão domiciliar, Anthony vai preso mesmo, e Harlan faz de tudo pra prejudicar o rapaz e sua familia, mas na ansia de se vingar acaba envolvendo a filha e complicando a vida dela tambem.

Não, não é um Romeu e Julieta do seculo XXI, como dizem alguns.

É um bom livro, mas a ignorancia de uns e a falta de ação de outros, somadas à justiça atravancada, coisa que tambem acontece na vida real, é de dar nos nervos.

Publicado em livros | Deixe um comentário

40º livro de 2015 – Tudo o que ela sempre quis – Barbara Freethy

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Quando leio um livro e me dou ao trabalho de fazer a resenha, não tenho a minima pretensão de:

1- me colocar no papel de crítica;

2-analisar cada personagem;

3-fazer resenhas tipo “resuminhos” ou passar spoilers ( às vezes escapa algum)

4- me basear no que outros blogueiros resenharam.

A maioria dos livros que leio costumo pegar semanalmente na Biblioteca Municipal de Araçatuba, ou são de amigos, ou compro.

Não tenho nenhuma parceria com nenhuma Editora, não recebo livros na minha casa ( é claro que isto seria ótimo) e minhas opiniões expressam exatamente o meu gosto pessoal. OK pipol??? senti ser necessária esta pequena explicaçãozinha já que me irrita quando perguntam quanto ganho em cada resenha.

Nada, ganho o conhecimento quando leio o livro e isto me basta.

Ok, então vamos ao livro.

Emily e Natalie se conhecem no primeiro dia na Universidade de Santa Cruz. A elas se juntam Madison e Laura e a amizade que as une é tão intensa que se chamam de As Quatro Fantásticas. A amizade que as uniria para sempre se rompe quando Emily é encontrada morta, caída de um terraço. Acidente ou crime, todos tiveram que seguir suas vidas, a maioria culpando Natalie por não ter tomado conta da amiga

Dez anos após o acidente, um escritor desconhecido lança um livro, Fallen Angel, onde conta uma história incrivelmente parecida e  aponta Natalie como a assassina de Emily.

O que Natalie quer agora é provar que não é responsável pela morte da amiga, ams as coisas vão se complicando cada vez mais…

Barbara Freethy já escreveu mais de 40 livros sendo que a maioria deles são best sellers.

Publicado em livros | 1 Comentário

39º livro de 2015 – Por Toda a Eternidade – Kristin Hannah

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Amigas para sempre e Por toda a Eternidade fazem parte da duologia Firefly Lane que fala da amziade incrivel entre Tully  e Kate.

Por toda a Eternidade já começa com Kate morta em decorrencia de um cancer. Ela deixou uma família, marido, uma filha adolescente e dois meninos, gemeos, de 8 anos, devastada.

Sua melhor amiga, Tully, não suporta a falta da presença serena e ajuizada de Kate em sua vida e vai perdendo tudo o que construiu com tanto trabalho.

A historia toda se passa em dois periodos: o presente brutal e o passado em que Kate sem saber, tornava a vida das pessoas muito menos dura.

O livro é feito todo de frases que merecem ser anotadas e gravadas na memoria.

Ele propoe, pelo menos foi o que senti, um olhar profundo sobre amizades, sobre amar, sobre como sobreviver sem aquela pessoa que hoje está ao nosso lado, mas cuja presença pra nós é “normal”.

Do nada uma amiga me pediu esta semana, que se um dia ela ficar doente e tiver que viver vegetando, que seja eu a pessoa que autorize a não ressuscitação.

“_o que faz voce pensar que eu vou sobreviver a voce se sou mais velha, sua besta?”( amigos de verdade podem se chamar de besta, de idiotas, pois sabem que não é a verdade)

“_só estou avisando…pode ser que aconteça…”

Eu sei que vou conviver normalmente com isso, mas torcendo pra que não aconteça.

Foi o que me ajudou a entender o livro.

por-toda-a-eternidade2

 

Publicado em livros | Deixe um comentário

38º livro de 2015 – A Submissão – Amy Waldman

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Os EUA nunca se recuperaram da ferida causada pelo 11 de setembro.

Os sentimentos de dor e revolta arraigaram-se nos corações dos americanos que sempre irão prestar homenagens aos mortos no atentado.

Centenas de filmes, livros e documentários ja foram escritos sobre esta tragédia e inevitavelmente todo inicio de setembro nos traz a lembrança daquele dia.

Quando o livro começa, já se passaram dois anos do atentado, e um concurso para eleger o melhor projeto de memorial às vitimas  chega ao fim.

Dos 5 mil inscritos, dois apenas chegam à final e os projetos não poderiam ser mais diferentes um do outro: um obelisco negro e frio e um jardim maravilhoso com riachos que se cruzam.

Agora o nome do vencedor será revelado e para descontentamento geral, até dos que defenderam o projeto do jardim, o ganhador é um arquiteto americano e muçulmano: Mohamed Khan.

Mohamed, que todos sempre chamaram de Mo, é uma pessoa culta e sofisticada, que sempre se considerou muito americano e de repente passa a se questionar sobre a sua herança cultural.

Um livro pesado, bom, com verdades que precisavam ser ditas.

Publicado em livros | Deixe um comentário

37º livro de 2015 – Corações Feridos, de Louisa Reid

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Um livro denso, sobre falsas aparencias.

Hephzibah e Rebecca são gemeas de 17 anos, filhas de um pastor muito rigido.

Mas enquanto Hephzibah ( que nome meu Deus!!, bem, sei que é bibilico…) é bonita e normal, Rebecca nasceu com a sindrome de Treacher Collins ( uma doença genética que alem de desfigurar o rosto tambem afeta a audição)

O livro é narrado pelas gemeas; por Heph antes de sua morte, (sim e não é spoiler, pois logo no início sabemos que uma das gemeas morreu) e por Rebecca depois da morte da irmã.

É irritante como as meninas nunca puderam se defender dos pais abusivos, e mesmo sofrendo, cada uma preferiu lutar sozinha, em vez de se aliar à irmã.

Heph, por ser normal, foi aceita na escola, fez amizades, mas não tentou facilitar a vida da irmã. E dá para entender a amargura de Rebecca por ser doente e fragil.

Um livro pesado.

Publicado em livros | 1 Comentário

36º livro de 2015 – Jardim de Inverno – Kristin Hannah

Jardim-de-Inverno1

Talvez o melhor livro da Kristin que eu li até agora.

Anya é uma mãe fria e distante para Meredith e Nina.

E incrivelmente apaixonada por seu marido Evan.

A vida das duas meninas não foi nada fácil, com o pai tentando preencher o vazio deixado pela mãe.

Quando ele adoece as faz prometer que tentarão conhecer a mãe, e entender a razão deste distanciamento.

Não é fácil, pois Mere e Nina tambem estão passando por fases dificeis em suas vidas, mas por amor ao pai, vão tentar se aproximar da mãe e tentar conhece-la.

Relacionamentos entre maes e filhas são dificeis, mas são ricos, e passam por tantas fases! Desde a fase em que somos cuidadas até a que passamos a cuidar…

Por isso eu recomendo o livro.

Publicado em livros | 1 Comentário