19º livro de 2016 – A Imperatriz de Ferro, de Jung Chang

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Companhia das Letras, 552 páginas.

“O livro A Imperatriz de Ferro conta a história da chinesa Cixi (1835-1908), que, aos 16 anos, foi escolhida para ser uma das concubinas do imperador Xianfeng (1831-1861). Após a morte de Xianfeng, o filho de cinco anos do casal assume o trono. Mas a imperatriz viúva planejou um golpe contra os regentes e passou, por décadas a fio, a ser a verdadeira líder da China.”

 

Eu ADOREI o livro.

Nenhuma biografia me colocou tão dentro da história de uma pessoa como este.

Apesar de tudo o que se fala de Cixi, que teria mandado matar seu filho, que era implacável, vi Cixi como uma mulher inteligente, governando um país onde as mulheres não tinham vez, onde existia na época um livro com mais de 3 mil regras de etiquetas a serem observadas, e onde uma simples regra desobedecida em relação ao imperador poderia resultar em uma morte horrivel, a morte por mil cortes ( que Cixi, no final de seu mandato proibiu).

Vi uma mulher sensivel que adorava animais e flores, óperas e arte. Que desenhava seus próprios vestidos, que mesmo governando com segurança conversava com uma “voz muito feminina”.

Cixi tirou a China da Idade Média, e em suas 4 decadas de governo implantou ferravias, telegrafos, escolas modernas, uma imprensa livre.

Foi a primeira a lutar pelos direitos das mulheres e proibiu o costume doloroso de atar os pés femininos para que ficassem minusculos e coubessem em pequenos sapatos preciosos.

Ela é conhecida como a imperatriz que abriu as portas da China para o Ocidente.

Jung Chang escreveu este livro após uma extensa pesquisa em documentos achados recentemente. Apesar de vender milhões de livros no mundo inteiro, ela é proibida na China.

Anúncios

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em livros. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s