16º livro de 2016 – Herança, Lan Samantha Chang

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

A escritora Chang é estadunidense, e me fez viajar no tempo e para a China dos anos 30.

Eu adoro histórias chinesas ( leram O Clube da Felicidade e da Sorte?).

Eles são contadas de forma calma e contida, mesmo quando se trata de uma tragédia.

Assim é que vou me familiarizando com as duras tradições chinesas.

Na China a mulher só é útil quando dá um filho homem ao marido.

Esqueçam tudo o que aprenderam sobre espermatozoides e óvulos, cromossomos X e Y, e que é o espermatozoide quem define o sexo do bebe, já que o óvulo vem sempre com o cromossomo X e o espermatozoide pode ter X ou Y, ou seja: XX = menina, e  XY = menino.

Lá na China, a culpa do nascimento das meninas recai sobre os ombros da mulher que fica em desgraça perante a família.

Nos tempos atuais, Hong conta a história de sua família através do sofrimento das mulheres.

Sua avó Chanyi, que por só ter gerado meninas ( Junan, mãe de Hong e Yinan), comete suicídio, deixando as filhas muito cedo.

Junan e Yinan prometem ser sempre amigas  e não se separarem nunca.

As duas são moças bem criadas e com altos valores morais. Mas enquanto Junan é rápida, inteligente, e dona de uma beleza imensa, sua irmã é quieta, sonhadora e comenta-se que com a beleza que tem, não poderá ser muito exigente com pretendentes.

Mesmo quando Junan se casa com Li Ang, um soldado, todos continuam morando juntos.

Em 1937 os japoneses invadem a China e Li Ang é enviado para a guerra.

Junan, impossibilitada de segui-lo com duas meninas pequenas, envia a tímida Yinan para cuidar do cunhado.

Li Ang enxerga na cunhada a beleza que poucos conseguem ver…e este amor é o ponto de partida para tudo o que acontecerá durante quase 7 décadas.

Herança é ao mesmo tempo intenso e delicado.

Anúncios

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em livros. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s