Meu atelier…e eu lá tenho isso???

Eu não sou artesã mas de vez em quando faço alguma coisa pra ocupar o tempo ( como se ele estivesse sobrando…)

Encapo caixinhas, pinto vasos, moveis, o cabelo e o chão junto.

Muita coisa usando a técnica do ensaio e erro, aprendendo no youtube, ou perguntando às amigas arteiras.

Começo trabalhos que não termino e termino trabalhos que acabo não usando.

Eu faço estes trabalhos sempre na varanda da minha casa. Ali é fresco, dá pra lavar tudo depois.

Forro o chão com uma velha toalha de plastico. E minha jarra de água com muito gelo, meu som, meu telefone, minhas gatas e a cachorra.

Espalho meus poucos  instrumentos à volta. Poucos porque como não sou artesã não invisto nisso, então acabo usando o que tenho à mão.

À vezes me vejo sem pinceis e improviso com estopa entenderam? Buchinhas de cozinha também são ótimas e quebram um galhão.

Assim neste ambiente eu vou fazendo minha bagunça e fico ali envolvida, esqueço que tenho marido e filhos, gatas e cachorra pra alimentar, mas aí como são grandinhos se viram.

E ja aprenderam que se eu sou deixada em paz ali, “criando” não pego no pé de ninguém, não encho o saco, não mando arrumar quarto, etc…

Oras, diante deste paraíso o que é o trabalho de sair e comprar espetinhos não é? Nada.

O trabalho manual  dá esta chance de me isolar e eu fico ali, sozinha, ensimesmada, penso na vida, penso nos outros, penso muito, enfim, me faz bem.

Outro dia minha norinha Anna me disse que eu precisava de um atelier. Um canto meu.

Enquanto eu trabalhava num aparador pensei nesta idéia.

E me lembrei de um filme que assisti várias vezes, “Um Amor Verdadeiro”.

Apesar de colocarem Renèe Zellweger (Ellen) como personagem principal, da jornalista que coloca sua carreira em risco para ir cuidar da mãe que está morrendo de câncer, pra mim, a mãe, Meryl Streep é a personagem principal.

Meryl é a mãe, esposa e mulher perfeita, que tem a casa impecável, cozinha bem, tem amigas às quais ela se dedica.

Ela tem um pequeno atelier onde faz pequenos trabalhos ( alguém duvida que ela  também costure??) inclusive um mosaico feito de caquinhos de porcelanas que ela foi quebrando.

Pelo que percebi é um projeto que ela desenvolve ao longo dos anos, pois ali estão cacos de lembranças…

o trabalho é mais ou menos parecido com este da foto abaixo.

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Gostaram?

 Kate (Meryl) tem uma personalidade romântica e feliz, e isso sempre foi alvo de ironias por parte de Ellen que via no pai, (William Hurt, George) escritor e professor universitário, um ídolo, um exemplo de pessoa bem sucedida na carreira. 

A convivência estreita ali, durante a doença da mãe, faz com que ela enxergue o pai como ele realmente é, nem tão respeitado como ela imagina no mundo acadêmico, alcoólatra e mulherengo e sem coragem de enfrentar  e aceitar a doença de Kate.

Kate sempre foi a pessoa que costurava com fios invisíveis a vida de todos ali, deixando tudo confortável. Sua doença que a coloca em inatividade de todas as tarefas faz com que todos  vejam a sua importancia.

Ellen começa a admirar a fibra e a personalidade da mãe, e pra mim o ponto alto da aceitação dela foi quando ela se curvou sobre o trabalho inacabado da mãe e o assumiu, colando cada caquinho ali guardado em pequenos potes, terminando o que mãe não terminaria nunca.

O filme é ótimo e nos faz pensar, assistam…

E eu estava ali, fazendo o meu próprio mosaico, não tão romântico quanto o de Kate, apenas pastilhas e tozetos de cerâmica.

Quadradinhos que bem alinhados não precisam de muita arte e empenho para serem combinados.

De novo, como não sou artesã não tenho nem o jeito para cortar azulejos e nem o material (torques, óculos)…só trabalho com pastilhas, mas um dia também aprendo.

Querem ver como ficou?

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Ele era beginho e tinha uns ladrilhos de 10 x 10 muito mal assentados_trabalho meu_ e usei assim um tempão ate que enjoei.

Vi que poderia fazer melhor e meti o martelo em cima quebrando tudo, lixando, colando, rejuntando e pintando e por fim, ficou como eu gosto.

Pensando sobre o atelier eu cheguei à conclusão que não preciso de um comodo fechado em que eu fique lá trabalhando, alheia a tudo, pois eu gosto mesmo de trabalhar na varanda e às vezes até no meio do quintal, vendo e ouvindo tudo o que acontece.

O eu preciso é de um lugar para guardar meus apetrechos, que ficam espalhados em vários lugares da casa, tipo embaixo do tanque, no quartinho de despejo, na casa de maquinas da piscina.

E também de também material novo e bom, de uma lixadeira orbital, de torqueses, pincéis…

Não que eu vá me profissionalizar. Por que não me imagino vendendo o que faço.

Mas vou fazer com mais técnica e sem tanto improviso o que eu gosto tanto de fazer.

Anúncios

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em coisas que passam na minha cabeça. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Meu atelier…e eu lá tenho isso???

  1. eu adoro esse filme! eh mto bonito!
    e seu trabalho ficou mto bacana, parabens! gostei mto!
    é uma maravilhosa forma de higiene mental, fora q transforma um ambiente esse capricho todo.
    mto bom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s