o balanço de 2014, perdas e ganhos

2014 foi um susto não foi???

Passou rápido, com seus dias curtos, tarefas das quais eu parecia não dar conta de realizar, ganhei muito e perdi tambem.

A rotina da casa toda alterada com mr husband mudando o local de trabalho.

Os filhos terminando etapas de seus estudos, iniciando outras.

Uma eleição desastrosa, depois de tanta esperança e  um país dividido.

Novas amizades.

Amizades perdidas.

Voce até se magoa por um tempo pelas amizades que terminam, mas depois de analisa-las bem, ve que nunca foram amizade: eram uma afinidade passageira, ou interesse puro e simples.

A maior perda do ano foi de uma pessoa que conheci através do blog, como leitora e depois descobri que era muito mais proxima de mim do que eu imaginava.

Aliás, quantas pessoas conheci através do blog, quantas estão comigo até hoje, e outras com as quais perdi contato, mas ainda me lembro bem.

Minha amiga, Maria Emilia de Almeida.

Comentava em todos os posts, e não só nos meus blogs, mas tambem nos dos meus amigos, sempre em tom educadissimo, engraçado…leve.

Conversavamos por e-mail ate que um dia ela me contou divertidissima, que trabalhavamos no mesmo lugar…eu aqui ….ela em SP.

Ela ficou guardando esta informação um bom tempo e esperou o momento certo. Era uma caracteristica da Emi, o humor fino.

Fui conhece-la e não me surpreendi com a elegancia do terninho em tom pastel, o rosto de traços finos, o sorriso meigo, olhos escuros e tristes.

Eu ja a conhecia de outras dimensões.

Me apoiou em cada situação esta moça!!!!Contava cada probleminah de casamento e filhos e ela, mesmo sem ser casada e sem nunca ter tido filhos, tinha a palavra certa para aconselhar…era o tipo de pessoa que tinah vindo ao mundo pra orientar, ajudar.

Compartilhavamos de tantos gostos! Flores e cães, livros, amigos.

E haviamos nos falado um pouco antes das minhas ferias de dezembro. Não desconfiei da recaida da doença…

Em janeiro quando chego ao trabalho, o balde de agua gelada veio através de um e-mail corporativo. Que modo de saber…

Inacreditavel, eu quis pensar que era outra pessoa.

Fui atrás das pessoas que tinham amizade com ela e confirmei a perda.

PERDA.

Que egoista eu fui de chorar a minha amiga e nem me lembrei de como estaria a familia dela, ela que sempre foi tão carinhosa com irmãos e sobrinhos, com os pais.

Perder esta amiga foi significativo. Uma perda que não tem volta, não se recupera, não se substitui.

Ela se foi antes que eu desse um adeus. Eu precisava me despedir dela.

Quase um mes depois, eu agora me lembro dela assim, indo embora decidida, sem olhar pra tras, se perdendo na luz do sol entre as arvores.

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

É uma despedida digna para uma grande amiga.

Anúncios

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em A vida tem destas coisas. Bookmark o link permanente.

4 respostas para o balanço de 2014, perdas e ganhos

  1. Patrícia disse:

    É uma bela homenagem, Lili, lá do outro lado, na luz, ela sente seu carinho. Pra você um ano de sucessos. Beijos.

  2. Marluce disse:

    2014 foi bem variado pra todos nós, altos e baixos, alegrias e tristezas. É a vida! Alegre ou triste sou sempre grata pela vida.
    Sinto muito pela sua amiga, ao mesmo tempo te parabenizo por ter tido a oportunidade de conhecer uma pessoa tão especial. Acredito que sua amizade também fez uma grande diferença na vida dela.
    Beijos e que venha as linhas tortas de 2015!

  3. Fabiola disse:

    Nunca sabemos a hora, é mesmo difícil. Mas a amizade verdadeira continua.
    bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s