3º livro de 2015 – Bellíssima, de Nora Roberts

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

A Biblioteca Municipal de Araçatuba tem uma coleção imensa de Nora Roberts, que tambem escreve uma linha de suspense assinando como J.D. Robb.

Ja devo ter lido alguma coisa dela…mas frequentemente a confundo com Danielle Steel…

ok, não me culpem, mas é facil misturar estas mulheres que alem de tudo ainda sao mães de um monte de filhos, moram em casas imensas cravadas em verdes jardins e parecem estar sempre impecáveis com suas calças beges e camisas brancas, com uma grande caneca de café na mão escrevendo sem bloqueio nenhum seus livros num velho Mac…

Fui longe no devaneio né?

Então vamos lá:Miranda Jones é o que eu e o resto da torcida do palmeiras queria ser: alta ( 1,80), magra, ruiva, dona de um par de olhos azuis lindos, rica , inteligente e famosa em sua área.

Quando a sua ultima autenticação é declarada falsa, Miranda se desespera e vai atras de investigar onde esta o erro e descobre uma trama para incrimina-la.

Conhece o ladrao de artes Ryan Boldari, mezzo irlandes, messo italiano, imaginem o resultado.

Ryan é quem vai ajuda-la a descobrir tudo.

O romance é bom, ok? mas algumas partes são tão falsas… por exemplo: como hoje em dia alguem consegue entrar num museu e roubar uma estatua de bronze de 90 centimetros?

Eu não consigo nem entrar no predio em que trabalho sem passar pela cancela e as cameras.

Ladroes de arte morreram com Crown, o Magnifico.

Anúncios

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em livros. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s