Cada idade tem sua beleza? mesmo? ah vá!!!

Aquela conversa de que CADA IDADE TEM A SUA BELEZA não funciona em certos lugares, tipo assim, a receita federal, sindicato das empregadas domésticas e por aí vai.

Então se voce estiver com a bola muito alta e quiser se sentir velha e sem graça, sem atrativo ou esperança, ou ainda se quiser se sentir uma criminosa ou contraventora vá num destes lugares.

Uma pessoa que voces conhecem caiu na malha fina…ela esqueceu de declarar umas aulas, recebeu a notificação, comparou com o declarado, viu o erro e foi lá pra acertar a sua situação.

Ja chega no predio errado, desativado pela reforma, mas ai recebe uma orientação ( errada) da funcionaria que ficou ali para atender os contribuintes e parte em busca do endereço correto.

A funcionaria não deve saber a diferença  entre um carro de procedencia europeia ou asiatica, pois em vez de mandar virar à esquerda na nissan, manda virar a direira na citroen. bem assim.

A pissoua fica perdida 20 minutos do lado direito do bairro, e tudo bem que quem tem boca vai a roma, só que meu fogão tem cinco bocas e tá ali estacionado, não vai a lugar nenhum…rodóu, rodou até achar o lugar certo.

Na recepção improvisada ela chega, elegante, mas discreta num vestido branco Linha Pura, sandalia alta, cabelo com luzes novas, postura simpatica e meiguinha, explica porque esta lá e recebe uma senha.

Como não tem muita gente ela imagina que em 20 minutos estará fora dali.

Então tá…

Como não sabe ficar mais de 5 minutos parada e sem falar ( conhecem gente assim?), ela logo engata conversa com uma professora que tambem se embananou na declaração do ano anterior.

As senhas vão aparecendo com siglas esquisitas como COF, PAR, EIS, IES, etc…e o monitor fica apitando naquele blim blom monotono até o contriba ( abreviação de contribuinte doravante) chegar na mesa de atendimento, que é longe.

Muitos blins blons depois ela chega na mesa de um senhor que não move um milimetro de pele depois do  bom dia radiante.

Mostra a notificação, explica o caso e ele vem com um numero de 6 digitos que é o que tem que ser pago a vista ou parcelado, como a pissoua escolher.

Não adianta a conversa engraçada com voz melíflua, jogar cabelo, bater o cilios cobertos naquela lida de horas a fio com o super shock mask da avon!!!

A pissoua atras da mesa não ri de uma gracinha, não responde a um comentario, faz o calculo e escreve numa letra de forma quadrada tudo o que ela precisa fazer (ir ao banco preeencher duas vias para autorizar o desconto, agendar um retorno, protocolar e formar o processo), como se estivesse falando a uma criança de 10 anos daquelas bem abestadinhas.

Pissoua pega a papelada, dá o ultimo sorriso caloroso que vira uma mascara dura de raiva assim que ela dá as costas, e sai cantando Maysa: volto pra casa abatiiiiida, desencantada da viiiiida…

ok,…ok…profissionalismo é bom, mas a pessoa precisa ser tratada como contraventora?

e hoje é dia 30, o que significa que o leão já vai dar a sua primeira bocada …

LEAO_IR

Anúncios

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em A vida tem destas coisas, eu sou assim, isso me irrita!!!. Bookmark o link permanente.

7 respostas para Cada idade tem sua beleza? mesmo? ah vá!!!

  1. pathell disse:

    Ui, que gente antipática. Eu não trabalho de mal humor, é horrível.
    Fui uma vez na Receita – minha primeira declaração e caí na malha fina, fui lá apavorada. Eles não tinham o cadastro do meu CPF. Ahn??? Até hj não entendi como pode isso. Bem, pelo menos fui super bem tratada por um funcionário bonitinho. Mas eu era bem novinha, hahaha! Bjs.

  2. Eu sei exatamente como você se sentiu. Eu fui tratada assim no dia em que fui tirar o passaporte, eu dei bom dia, a moça nem tchum, e só falou, os documentos e a taxa paga, e blá blá, e sai de lá com o canhoto do protocolo para buscá-lo. Horrível mesmo. Beijos!

  3. Marcia disse:

    So voce mesmo Lily!!
    Pagamos o salario deles, o bolsa qualquer coisa de uma pá de gente e ainda somos tratados como contraventores!

  4. Maria disse:

    Lilly, aqui em Portugal a diferença é nula.
    Tem gente de tudo.
    Ficam impávidos a certas fragilidades das pessoas.
    Sacaninhas.
    (Penso que acontece em todo o lado).
    Beijinho

  5. Rosi. disse:

    Muito bom esse seu texto Lilly’s!!!!! Ri muito, porque é verdade e trágico, então, vivendo numa país como esse, ou rimos, ou entramos em deprê.

  6. Adorei “a voz melíflua”,hahahahahaha
    Sem comentários para Receita Federal no Brasil.

  7. Fabiola disse:

    Oi, Lilly!
    Os contraventores de fato são tratados de outro modo, bem diferente, pelo menos é isso que vemos nos noticiários todos os dias.
    Beijo pra vc,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s