voce se dá valor ???

hoje eu cheguei muito cedo ao trabalho, 7:10.

estacionei, larguei tudo em cima da mesa e resolvi sair e caminhar até as 8:00.

fui parar na coopbanc, e encontrei uma amiga querida.

ela estava apressada para a aula de ingles, mas mesmo assim começamos aquela conversa de filho-casa-trabalho.

aí ela me disse:

_e ontem eu estava fazendo tarefa de ingles e pedi ajuda pra minha filha, pois faz tempo que não estudo e ela me disse que não tinha paciencia pra me ajudar e que eu era burra!

e eu:_ e voce não falou nada pra ela?

_falar o que? ela é estressadinha, vive de tromba, tenho que pedir pelamor pra ela fazer algo pra mim, e até falou pro pai “porque voce quer um iphone se nao sabe nem atender o que tem?”

eu respondi que a resposta que cabia ali na hora era:

eu tive paciencia para acompanhar voce nas suas lições e sempre a incentivei mesmo nos menores progressos e isso foi o que te ajudou a ser o que é.”

depois eu disse que tenho os meus filhos, que apesar de lindos, inteligentes, populares, etc, tambem sabem ser chatinhos, e dão aquele trabalho básico que todo filho dá.

mas que eles me valorizam muito e tem o maior cuidado quando falam comigo, pois eu sou amorosa, sou amiga, dou a vida por eles, MAS NÃO PISEM NO MEU CALO QUE EU VIRO A ZHORLA!

acho que o maior erro de algumas mães é não se valorizar, é achar que o que fazem é obrigação, e o pior, se enchem de culpa se trabalham ou se não tem todo o tempo que julgam necessário para a familia.

me irrito muito com o lance da culpa, comigo a culpa é ZERO.

só eu sei o tanto que me esforço para que tenham tudo, não me imagino sem trabalhar.

não que eu fique cobrando por reconhecimento o tempo todo, mas quando ele vem ( e tem que vir!), é muito bom.

bem, eu fiquei mais meia hora ali conversando com ela e mostrando praquela mulher o tanto que ela era maravilhosa e incrivel, e como ela havia estruturado tão bem a familia, impulsionado a carreira do marido.

é uma pessoa de quem gosto tanto, mas de quem a vida corrida me afasta.

antes de ir, ela perguntou:
_ como é mesmo a resposta que eu tenho que dar?

eu repeti, e disse em seguida que quando ela se acostumasse a se impor , ía ser natural, ela ía achar as respostas na hora certa.

depois que ela saiu, eu fiquei ali encostada, olhando pra silhueta que desaparecia entre as gondolas e pensando na crueldade cortante de certas palavras.

peguei minhas compras e fui desanimada para o caixa quando começou a tocar uma musica. A vendedora disse:
_escute, é o filho da Bia cantando.

curiosa perguntei pra Bia, é seu filho mesmo?

 ela toda feliz:

_é o Vinicius, ele fez esta musica pra mim.

ouvimos até o final, emocionadas.

porque é bom receber presente, mas receber uma cançao é um carinho que tem um valor imensuravel.

fui embora pensando nas duas situaçoes, duas pessoas que conheço a muito tempo, dois adolescentes que conheço desde que nasceram e vejo que com filhos nunca sabemos quando vamos acertar ou errar.

apesar do esforço imenso ( sempre da NOSSA parte), o negócio é viver uma situaçao de cada vez.

e rezar pra dar certo

ps: muito legal o Vinicius ser tão grato assim…certas pessoas já nascem prontas.

ps 2: voltando pra casa na hora do almoço eu contei a estória pro filho Um…ele achou deploravel a atitude da menina menosprezando a mãe.

e ainda disse pra mim:

_ no seu caso é facil né mãe…voce tem uma resposta rápida pra tudo.

n ã o  é  b e m   a s s i m   n ã o…

Anúncios

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em coisas que passam na minha cabeça. Bookmark o link permanente.

20 respostas para voce se dá valor ???

  1. formaplural disse:

    Meu sogro costuma falar que vc só “sabe” se acertou ou não no dia em que seu filho tiver a própria família. Beijo, Helka

  2. pathell disse:

    Lilly, eu concordo em tudo com vc. Eu odeio filho abusado, mas ele/ela só é abusado se a mãe deixa. É o que eu chamo de mãe palhaça. A filha da minha doméstica chegou a dizer para ela: “o pai, que era bom morreu, e tu tá aí, viva”. Eu quebraria a cara dela a tapa! Imagina só, dizer isso para a mãe. Eu, com toda a minha finesse (ha ha), já briguei dentro de supermercado para defender a minha mãe. Detesto filhos/as que exploram mães, que vivem à custa das mães. Eu mimo a minha, dou de tudo para ela. Aliás, eu não seria nada sem ela.
    Bjs.

  3. Sinto uma ansiedade imensa com relação a minha filha que está a caminho e assim como lido com meus alunos sei que tentarei ser com minha anjinha. Muitos pais me falam que sei ser brava quando precisa e muito amorosa também, creio que sabendo dosar nossas atitudes nossos filhos poderão compreender o peso das palavras e de suas atitudes. O que a formaplural comentou casa com o que minha sogra fala tb mas ela fala para dar tempo a tempo, só ele nos mostra o valor que temos que dar a nossos pais.

  4. roseanafranco disse:

    O texto me fez pensar minha vida como filha e minha vida como mãe. Não sou a filha que gostaria, mas nunca na minha vida falaria ou trataria minha mãe com tamanha falta de respeito. Em casa tive apenas mãe, meu pai foi ausente por praticamente uma vida toda, agora é que está mais presente, por causa do neto. Mesmo assim, com todas as falhas dele, respeito e acho que assim deve ser com todos os mais velhos. Principalmente os que nos colocaram no mundo e nos ajudaram a chegar até onde estamos. Com meu filho, Lilly sabem bem do histórico dele, tento de todas as formas que me são possíveis, fazer o crescimento dele saudável, e muito baseado em princípios e valores que tenho em minha vida. E esses meus valores certamente vieram dos ensinamentos da minha mãe. Ou seja, só tive certeza e pude dar a mesma certeza de um bom aprendizado quando tive minha família e meu filho.
    Outro dia minha mãe estava questionando um ato meu, não tive dúvidas, falei: – uai, agora você quer diferente??? estou fazendo como aprendi com você!!! se vc amoleceu o coração é pq virou avó, eu sou mãe, eu doutrino. Quando não entende por conversa é por autoridade, o que não pode é fazer o que não deve.
    NO início tive medo da responsabilidade e das minhas cobranças em como ser mãe. Hoje já administro melhor. Determinei, mentalmente, os princípios e valores que desejo para o meu filho e nesses pontos não abro mão! No resto relaxo e dou tempo ao tempo para que ele aprenda com a própria vida.
    Mas uma coisa é fato, falar comigo de qualquer jeito ele pode até fazer, mas apenas 1 vez. Eu não admito,
    beijos a todas mães!!!!

  5. Vania disse:

    Oi,Lilly
    É duro ouvir uma coisa dessas ás vésperas do dia das mães,né? mas filhos são assim mesmo imprevisíveis algumas vezes,eu bem que sei ,tenho um de 15 anos que de vez em quando fica mal humorado e quer descarregar em mim ,mas eu,assim como você sempre tenho uma bela resposta na ponta da língua e logo,logo o coloco em no seu devido lugar(o de filho!!).Eu costumo dizer a ele que respeito é bom e conserva os dentes!! kkkkkkk
    bjs,até mais!

  6. cris disse:

    sabe que a minha mais nova é bem na dela, procura e dá muito carinho. a mais velha é mais dificil ( EU DIGO QUE ELA É UMA MISTURA DO PAI, COM A MINHA SOGRA E OS TIOS,NO CASO MINHA IRMÃ E MEU CUNHADO) tem vezes em que eu preciso quebrar a crista dela, e eu quebro sem dó. só que tirando esses reveses, ela é uma excelente filha. não saberia viver sem nenhuma das duas, são os amores da miinha vida, com toda certeza.

  7. Amarilda J.T. da Silva disse:

    Sabe Lully, trabalho na área da educação e infelizmente vejo muito dessa situação é triste dizer, mas muitas vezes tal atitude dos filhos é consequência da postura dos pais. Mãe e pai não pode de forma alguma permitir tal afronta, tenho um casal de adolescentes que sabem muito bem qual é o lugar deles.
    Concordo também que não podemos prever como serão nossos filhos no futuro, no entanto, devemos nos prevenir: dar amor, carinho, regras, responsabilidades, limites.e como já foi colocado ensinar-lhes o seu lugar, o de filho.

    Bjs

  8. Rosi disse:

    Existe uma frase que todos deveriam procurar entender: “Os filhos são o espelho dos pais.” E são mesmo, desde crianças que as referências são os pais e segue pela vida toda, engana-se quem pensa que mesmo na fase mais rebelde os filhos não estão experimentando o que viram em seus pais. Já vi uma filha dar o mesmo tipo de resposta a uma mãe. E sei bem porque. Em alguns momentos a mãe menospreza a filha, estabelece relações de comparação entre ela e irmãos,mesmo a filha sendo uma menina excelente, a mãe só sabe valorizar coisas ou que a menina não gosta em si, ou os pequenos erros. Não tenha dúvida, nenhuma adolescente ou criança daria uma resposta a uma mãe nesse nível sem que não tenha partido da sua experiência em casa.

    BJ!

    Feliz dia das mães!!!!

  9. sissi2011 disse:

    Meu abraço de Luz e Paz, Feliz dia das Mães.

  10. Emília disse:

    Mães são verdadeiros exemplos do Amor Incondicional, por isso eu e meus irmãos amamos tanto a nossa Mãe. Desejo a todas as Mães um abençoado e feliz Dia das Mães.

  11. Camila Faria disse:

    Aprendi a respeitar os meus pais, mesmo na fase adolescente, em que somos mais abusados e impacientes mesmo. Mas não dar valor a pessoas tão importantes (fundamentais, eu diria) nas nossas vidas, quanto pai e mãe, é inconcebível para mim.

  12. Júlia Castro disse:

    ‘ Olá. Sou a filha da Bia da Coopbanc, e li os seus comentários! fiquei emocionada e feliz pela consideração, e pela preocupação de ter escrito algo tão lindo e complexo! Muitícimo obrigada, ;* – Fiquei muito contente e minha mãe ficará mais ainda quando eu mostrar á ela. Beijoos. Háaa’ me acc no Facebook. Júlia Castro . Deus a abençõe.

  13. ana maria disse:

    oi Lilly, não vou escutar a musica agora porque já vou ter que me arrumar pra sair.
    Eu sou respondona também, mas as vezes somos muito bobas. Já aviso, tem que me ensinar algo umas 3 vezes pra gravar e não adianta fazer cara feia, como eles fazem pra mim. É logico que nos machucamos as vezes, amamos tanto nossos filhos, achamos que os conhecemos como apalma da mão, mas as vezes temos surpresa que perdemos o rebolado.

    bjoooo

  14. Maria disse:

    Olá Lilly.
    Há quanto tempo não venho cá espreitá-la, nem à nossa amiga Bicha Fêmea.
    Alguma falta de tempo, muito trabalho, cansaço qb. É um dos problemas de se ser professora. Há certas ocasiões em que o trabalho é de mais.
    Fichas, provas, atividades.
    Vim aqui porque entrei no meu blog e vi o seu comentário .
    Mas volto em breve, com mais tempo
    Quanto a este post, acho que os filhos são aquilo que nós somos. Não os tenho, mas convivo com muitas crianças e adolescentes que monstram muito bem a educação que têm em casa. Tenho 11 sobrinhos doa quais, 8 são adultos, são pessoas amorosas, educadas, com seus defeitos, mas orgulho-me MUITO deles. E cada um à sua maneira, tem um amor especial pelos outros. E sentem-se felizes, quando é possível encontrarem-se e conviverem juntos.(nenhum deles vive aqui em Braga).
    Ser permissivo demais não é bom para os filhos.
    E como se costuma dizer “Filho és pai serás”.
    Um beijinho, amiga.
    Maria

  15. Marcia disse:

    Oi Lily!
    Nao tinha visto este post, acredita? Estou mesmo off..rsrs
    concordo com vc! filhos tem o DEVER de respeitar os pais, mesmo sem concordar com eles, afinal, a adolescencia é a fase da rebeldia, mas nada justifica a falta de respeito.
    meu filho tem 16 anos e eu vivo “quebrando a crista” dele. Nao chegou ate ali sem ajuda, sem apoio, tem a obrigação de reconhecer.
    Provavelmente vc ja leu aquele texto “maes más” do Dr. Carlos Hecktheuer.
    Dias atras marido e eu nao concordamos em algo sobre limites e eu mais que depressa dei o texto pra ele ler. Sim, eu continuarei sendo uma mae má! mas carinho nao falta, ok? Alias, a frase perfeita para expresar é QUEM AMA EDUCA!

  16. Camila Sanches disse:

    Oi Lily!
    Hoje, finalmente consegui parar e ler os seus posts!
    E esse sinceramente foi o que mais me tocou…. Passei um final de semana meio brigada com a minha mãe, depois de uma semana exaustiva! E confesso, que quando li esse post, me tocou no fundo a briga que tive com ela (que venhamos, por besteira). Me tocou tanto, que no mesmo momento que acabei de ler, com os olhos cheios d’agua, quase chorando, peguei o celular, e mandei uma sms (porque a essa hora ela está no trabalho) e Pedi Perdão! Por que jamais, deveria ter brigado com a UNICA pessoa que está do meu lado, em todos os momentos que eu precisei! Agradeço a Deus, por ter me dado essa Rainha, esse unico Amor Incondicional, o Amor de Uma Mãe!

  17. Reinaldo Lima disse:

    Lamentável mesmo Lili, mãe é uma só, depois que perdemos não adianta ficar se lamentando.

  18. Reinaldo Lima disse:

    Desculpe Lilly escrevi seu nome com i no final, e completando, tive uma infancia bem ruim, passei muita necessidade, e muitas vezes vi minha mãe ficar sem comer para dar para nós os filhos, fora muitas humilhaçoes que ela passou por nós (filhos 5) , minha mâe tem alguns defeitos de que realmente não gosto, mas que não tem defeitos né? , pois é, eu dou muito valor a minha mãe embora discorde dela de algumas coisas .

  19. lilas666 disse:

    Republicou isso em Cosmopolitan Girl.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s