aprendendo a ter paciencia

eu nasci sem esta qualidade.

estou tentando adquiri-la nesta nova fase da vida.

bem, a 10 dias eu tomei um belo escorregão na area de serviço e quebrei a perna.

a fratura foi seria, precisou operar, e estou em casa, sem por o pé no chão por pelo menos 20 dias.

segunda 19 eu ainda vou tirar os pontos e ver se engessa ou coloca uma bota, sei lá qual é o procedimento.

me movimento com andador, o que é dificil e deixa mãos e braços doloridos. marido cuida de tudo pra mim, sem reclamar.

a faxineira esta vindo todo dia e até cozinha, lava e passa.

todos estão me ajudando muito e sou agradecida por isso.

mas tenho medo de cair durante o banho, tenho medo de tropeçar, tenho medo da recuperaçao ser lenta, OU SEJA, EU TENHO MEDO. ando insegura.

e  esta semana minha irmã caiu e quebrou o ombro!

eita familia hein?

minha mae operada da coluna, eu da perna, minha irma com o ombro imobilizado, e pode parar por aí que coisa ruim sempre acontece de tres!

já deu TRES, tá DEUS??? chega!

eu tenho que ter paciencia pois não dou conta das coisas que fazia, tirei 30 dias de licença premio para convalescer, e se for necessário tiro mais 30.

neste interim, a Loba, como eu já disse, ficou cega.

no inicio ela ficou muito confusa! ela não entendia como ouvia vozes mas não via nada.

nos primeiros dias não reagia aos nossos chamados e ficava deitada de lado com os olhos fechados, como se dissesse: não vejo nada com eles abertos mesmo…

um dia destes ela entrou no meu quarto e não achou a saída.

bateu a cabeça um pouco e resolveu deitar ali e ficar.

esta semana eu percebi que ela está se adaptando.

quando é chamada, vem em direção ao som. reage as brincadeiras antigas com rosnadinhos e patadas.

mas a maior parte do tempo ela quer ficar perto de alguem, quer ser tocada, quer que falem com ela.

esta semana vamos leva-la ao veterinario e ver o que é isso.

se der pra operar, vamos tentar este recurso.

se nao der, o jeito é cuidar bem dela, nao deixar que se machuque.

olhando, ninguem nota que ela anda tão doentinha não é?

a minha amiga Loba, eu só quero ficar boa pra poder cuidar melhor dela.

Anúncios

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em A vida tem destas coisas, meus pets. Bookmark o link permanente.

5 respostas para aprendendo a ter paciencia

  1. CECILIA MEDEIROS disse:

    Loba é linda e tão carinhosa por tudo que vc conta.
    Se vc tivesse uma nora eu diria pelatomar cuidado, que estória de só cair as mulheres da familia!
    Paciência… quando estive de molho após a histerctomia aprendi um pouco mas sentia falta de sair p a rua e de tomar banho sozinha. Só tomei banho sozinha uns 10 dias depois da cirurgia, o meu enfermeiro particular Sr.H foi maravilhoso,super calmo quando um ponto meu arrenbetou choringou sangue e fiquei com medo de uma hemorragia e ter que voltar ao hospital. Ele super calmo colocou uma gaze presionou e ligou p a médica que disse que foi a ação mais correta.
    Paciência, como diz minha prima ,ás vezes é um leão que precisamos matar a cada dia e com a eperiẽncia vai ficando mais fácil.
    Bjs

  2. patricia disse:

    Pobrezinha da Loba. Ela é linda! Que bom que vcs tomam conta dela.
    É preciso paciência, amiga. Deixar o corpo se curar. Aproveite para ler um pouco, sei lá, fazer coisas leves. É difícil ficar parada, eu sei, mas não tem outro jeito.
    Bjs!

  3. Mima D. disse:

    É preciso mesmo paciência, Lilly…
    Ainda que esta não seja sua qualidade (muito menos a minha…)
    Mas li esta semana uma frase que tem um fundo de verdade: “às vezes há momentos em que não precisamos de alguém que nos diga que tudo vai ficar bem, e sim de alguém que nos diga que mesmo que tudo não dê muito certo, ela estará ao nosso lado”.
    E isso você tem. Aí e aqui.
    Beijos minha querida, continue se cuidadndo e treinando a sua paciência, porque nós estaremos sempre aqui.
    PS: Três já deu MESMO. Pode parar por aí, ok? 😉

  4. Sandra disse:

    Oi Lily,
    Nunca deixei comentário aqui ( coisa de gente de tem mais tarefas do que tempo!), mas hoje quero registrar os meus desejos de melhoras para vc e para a Loba. Que Deus possa cuidar de vcs com muito carinho e que o bálsamo de Gileade (lugar bíblico que tem unguento que cura!) possa trazer cura das feridas e uma rápida recuperação. Abraços,

  5. Fernanda C. disse:

    Oi Lilly

    Leio seus dois blogs já faz anos, mas acho que nunca te escrevi…
    Mas hj ao ver a foto da Loba (coisa mais lindaaa) não pude deixar de passar aqui e desejar muita força pra vc e pra ela!!!!!

    Eu sei o que é esse amor incondicional que a gente sente por essas criaturas que são muitoooooo importantes para nós!!!! (tudo bem que tem gente que não entende… o Keith que o diga!!! hahahha….)

    Vai dar tudo certo!!!
    Força, fé e esperança!!!

    Beijão

    Fernanda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s