vergonha de pai…

eu achei o máximo o novo comercial do space fox.

aquele do moleque que pede para o pai deixa-lo na esquina da escola pois tem vergonha de chegar de carro com o pai.

aí o pai pergunta:

_voce sabe surfar?

_não

_sabe tocar guitarra?

_não

_ja pegou alguma menina?

_não

_então quem tem que ter vergonha aqui sou eu…

ou seja: o cara tem vergonha de que mesmo?

tenho dois filhos. me acostumei a espera-los no atrio da escola, todo dia.

e vejo filhos que passam reto pelo pai/mãe evitando o beijo “contrangedor.

os meus param e me beijam. e tambem beijam as minhas amigas que estiverem por perto.

em seguida perguntam se estou bem, se tenho alguma novidade, se vamos almoçar em casa…

e eu nunca tinha dado valor a isso, até ver adolescentes achando mico ser bacana com os pais.

Anúncios

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em comerciais. Bookmark o link permanente.

13 respostas para vergonha de pai…

  1. CECILIA MEDEIROS disse:

    Os meus dois rapazes, 18 e 23 anos,nunca pediram tal coisa. Agradeço todos os dias os filhos que tenho e peço que encontrem garotas ajuízadas como eles, o mais velho já encontrou uma garota que é o que toda mulher deve ser, amante e companheira para todos os momentos.
    O valor da família é comprovado pelas atitudes que os filhos tem em relação aos pais e irmãos,o amor familiar vale OURO nestes atuais dias.

  2. Marcia disse:

    tambem nao tenho do que reclamar…o meu filho de 15 anos, hoje, passeou comigo pelo comercio de braços dados…Não tem preço!

  3. Você é mesmo bárbara!!!!!!

  4. Maria disse:

    Olá.
    Fico aborrecida com esses comportamentos dos jovens.
    Os filhos devem ter gosto nos pais que têm, e se estes são os melhores pais do mundo, de quê ter vergonha?
    Quem me dera ter sido habituada a dar beijo na mãe e no pai.
    Hoje sou uma beijoqueira. Não tenho filhos, mas adoro beijar os meus sobrinhos.
    Parabéns pelos filhos que tem. É tão bom sentir-se acarinhada pelos filhos.
    Beijinho

  5. Emi disse:

    Tempos atrás uma de minhas amigas andava abraçada com seu filho adolescente e não é que inventaram uma fofoca de que ela estava namorando uma “cara” mais novo que ela!!! Pode uma coisa dessas??? Mas o filho dela sempre foi muuito carinhoso com ela e até hoje vive marcando passeios com ela via e-mail. Quando vou ao shopping com minhas sobrinhas vou bem arrumada e elas reparam que eu me arrumo bem para passear com elas… faz parte né??? Um de meus amigos que não tem mais pai e mãe, sempre me diz: curta seus pais enquanto é tempo, porque o tempo passa… Como passei da fase adolescente(não são todos adolescentes que são cheios de frescura é bom lembrar!!!), curto demais estar acompanhada de meus pais, minha mãe gosta mais de passear, então…onde vou levo Mami. TEnho também outra amiga que tem sua mãe bem idosa, e ela nunca deixa sua mãe sozinha e vive com sua mãe prá cima e prá baixo.

  6. diasadois disse:

    Leandro e eu adoramos esse comercial! Sempre paramos pra ver e rir um pouco… conheço tantas “crianças” assim…

  7. Cinthia disse:

    Oi Lilly! Eu adorei essa propaganda por causa da resposta que o pai deu ao filho e levando mais a sério o tema, ainda não tenho filhos porém enquanto filha, nunca tive essa vergonha dos meus pais. Nem eu nem meus irmãos. Ao contrário disso, sempre amei aquela sensação de segurança de saber que na saída do colégio um dos dois estaria me aguardando e sempre com muito carinho. Os pais da gente são tesouros e cada minutinho na companhia deles deve ser aproveitado com muito amor.
    Abração!

  8. Euzinha! disse:

    Lili,
    eu acho um barato esse comercial!!!! fico pensando como vai ser o meu filhote quando crescer.
    hoje em dia ele ainda está se adaptando a nova rotina e alguns dias esquece que estamos na porta do colégio, mas outros sai correndo e pula no colo.
    enfim, ainda na adaptação. o que podemos fazer é conversar – sempre – sobre a importância da família e de como devemos nos tratar!
    beijos!

  9. debatecomcafe disse:

    Oi Lilly obrigada pela sua visita ao Magazine da Dê. Maravilhoso o comercial,. e infelizmente isso é muito comum, acredito na falta de díalogo, das refeições em família, quando não há isso, os valores e os laços vão se perdendo. Uma pena! Também agradeço os filhos que tenho e a forma como minha intuição ajudou-me a criá-los. Beijos

  10. GLEICY disse:

    Ainda não tinha visto o comercial, mas achei muito bom!!!
    Também não tenho esse problema, meus 4 adolescentes quando saimos juntos adoram andar de mãos dadas comigo, e sempre que vão se despedir de mim seja onde for e com quem for por perto me dão um selinho, tanto os 2 meninos quanto as meninas.
    Muitas vezes os amigos até fazem graça, mas eles não ligam pois essa é nossa maneira de mostrar ao
    mundo o quanto nos amamos e somos felizes com a família que construimos!
    Outro detalhe que muitos acham lindo é a consideração que eles tem pelo padrasto o chamando pai.
    Bj,bj…

  11. RoPertile disse:

    demais este comercial!!! é verdade!! tudo é mico
    fiquei a pessoa mais feliz do mundo quando vi que no MSN do filhote a foto que ele colocou foi a nossa de cabeça pra baixo no Rock in Rio!
    uma baita homenagem!
    beijos amiga!!

  12. Volta e meia agente comenta esse comercial aqui em casa tbm.Que bom q seus filhos são maduros.
    Eu só tenho uma adolescente e ela adora que eu a leve e busque nos lugares ,as amigas delas têm
    muito contato comigo,pedem livros emprestados.Nada daqueles relacionamentos de desprezo que
    alguns jovens têm com seus pais.Levantemos as mão pro céu!
    Bjus!!!!

  13. Cristina disse:

    Sou mãe solteira e meu filho tem 17 anos. Sei que não sou uma pessoa carinhosa e qdo era pequena meus pais tb não tinham o hábito de beijos e abraços, pois tb não foram criados assim. Desta forma,, não consegui ser lá muito carinhosa, mas sempre fiz de tudo pra dar a melhor criação para meu filho.
    Hoje ele éum menino estudioso e muito elogiado por todos os conhecidos. No entanto, apesar de me sentir vaidosa, sinto-me tb triste, pois fiz um excelente papel de pai, mas deixei a desejar como mãe….. Hoje, tentando reverter este quadro sinto muitas dificuldades, pois tento conversar com ele mas ele se fecha como uma ostra por mais que eu tente ele se mantém calado.
    Não sei o que fazer…. as vezes acho que ele tem vergonha de mim. Principalmente qdo algum colega dele faz um comentaio no face, se eu for comentar, o mundo acaba!
    Qdo vi a propaganda me identifiquei… foi a vingança dos pais kkkkk
    Achei legal os depoimentos acima de filhos que curtem com seus pais e confeço que senti um pouco de inveja, pois eu gosto de sair, mas meu filho não gosta muito de me acompnhar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s