o fim está longe pípol!

com tantos anuncios de que o fim está proximo, eu tinha que ser do contra né?

pelo menos lá em casa, a colocação das pedras que começou no dia 21/02 está indo como a minha musica preferida do Lulu:

a passos de formiiiiga e sem vontaaaaade.

dia 21/04 completaremos 2 meses de obra no quintal e a figurona do mr Husband de mão na cintura e balançando a cabeça com a frase “épracabá” é cada dia mais frequente.

nas primeiras semanas os caras apareciam as 7:30.  almoçavam as 11 e voltavam as 13.  íam embora as 17.

depois vieram as chuvas , o carnaval, e eles amoleceram.

teve um que desapareceu uma semana.

depois foi a vez do outro.

as desculpas vão de virose a conjuntivite e semana passada um deles engoliu um mosquito e passou mal (!!!)

agora estão se revezando: um vem e o outro não. e quando um falta o outro não sabe o motivo. então tá.

hoje apareceram os dois, o que é garantia de chuva de canivete aberto a tarde.

isso ou até o proximo revezamento…o pior é que vem a SEMANA SANTA.

se a semana é santa, não dá pra trabalhar né?

assim não vão ganhar ovos de páscoa não!

vão levar é o-va-da!

editado: Não choveu UMA gota, quanto mais canivete aberto, pois os manés não ficaram o dia todo.

o Candinho ficou uma hora só de manhã e o outro veio as 13 e nem era 15 horas quando deu no pé.

olha a estratégia dele pra ir embora sem a gente ver: na ultima vez que ele abre o portão pra pegar pedra ou despejar entulho na caçamba, o portao fica aberto.

deu na telha, ele poe a moto lá fora, aciona o controle do portao e VAIIII

Sobre Lilian

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em descendo a lenha, reforma. Bookmark o link permanente.

4 respostas para o fim está longe pípol!

  1. Mamis disse:

    Eu começei a passar mal só de ler o seu post, me deu mais taquicardia! Oh! Nossa Senhora das Obras que te ajude! Eu fiquei 9 meses com a casa de cabeça pra baixo, nunca vi uma obra dar tanto problema! Meu marido não consegue sequer ouvir esta palavra e eu não posso ver uma caçamba que entro em pânico. Boa sorte!!

  2. Emília disse:

    É parece que em se tratando de reformas e jardinagem/paisagismo os respectivos “profissionais” se acham, heimmmmmmmmmmmmmm??? Nem Mr Husband e seu slogan “épracabá” deu jeito na “tchurma”. Então…épracabá messssssssss…………..

  3. Sil disse:

    Lilly, épracabá mesmo…

    Acredita que até hoje não consegui entrar no teu blog da reforma por puro trauma das reformas aqui do apê uns dois anos atrás? Mas prometo que um dia isso passa e vou lê-lo também.

    Boa sorte e beijão!

    Sil
    esquinadasil.blogspot.com

  4. MCris disse:

    assim não dá, tô com dor no “estromago” de tanto rir. e aqui tá chovendo muitoooooooo, só não se canivete pq tô com medo de ir lá fora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s