Todas as meninas deveriam…

Este post versa sobre o do  comercial do scenic, já postado aqui.

Ahhh não viu não? então veja, pessoa !!!!…voce não perde nada e ainda vai achar lindo.

É um comercial antigo, que eu adoro por vários motivos: a musica linda , o carinho do pai e a alegria da menina me tocam o coração.

Assisto sempre agora que o tenho em meu blog, e me dá aquela  vontade de ter sido eu quem pintou as bailarinas e levou a filha pra passear.

E pensei que teria filhas;  e elas seriam morenas, magrinhas, de longos cabelos lisos e pretos, como eu fui um dia.

A vida me deu dois meninos lindos, e que me completaram.

Aliás nunca me senti tão completa como depois de cada gravidez.

Cada menino meu, ao chegar, veio me acrescentar o que faltava.

Agora sei que estas filhas meninas que eu teria virão em forma de noras ou netas, mas isso ainda está muito distante pra mim.

Mas ainda me derreto quando vejo uma menina exatamente com o jeitinho daquela que poderia ter sido minha…

E eu estava pensando (penso muito, tanto que até doi) que toda menina deveria ser exatamente igual aquela, a do comercial.

branca-de-neve

Toda menina deveria ter cabelos longos e perfumados, e com uma flor presa neles. Porque eu acho que flores foram criadas pra ficar em cabelos de meninas.

Deveriam ter um olhar curioso e feliz. Não importa a cor dos olhos desde que eles sejam luminosos.

Um sorriso que deixa ver a alma. E uma risada tambem, daquelas que vem acompanhadas de uma inclinaçãozinha de cabeça.

Ter educação, saber se expressar, ter carinho e respeito pelas pessoas.

Falar baixo e  não com estridência.

Ser tão graciosa que se a colocassemos de pé na palma de nossa mão ela se equilibraria com facilidade, como uma bailarina.

Saber brincar.

Gostar de correr na grama e na chuva e de apanhar flores e pedrinhas.

E toda menina deveria ter  SIMPLICIDADE.

Esquecer marca, griffe, tendencia, modismos.

Não trocar de escola só porque a amiguinha trocou.

Não querer ter algo só porque a maioria burra tem.

Sber que amizades se cultivam, se perpetuam e nunca selecionar amigos por beleza, classe social nem vantagens a serem recebidas.

Saber ser menina, pra depois aprender a ser mocinha.

E só depois, bem depois, ser mulher.

Então, este post vai para todas as meninas lindas que eu conheço, filhas de amigas, sobrinha, e para minhas noras e netas futuras.

ps: ilustração da talentosissima designer Carambatack.

Sobre Lilian

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em coisas que gosto. Bookmark o link permanente.

13 respostas para Todas as meninas deveriam…

  1. beth disse:

    olá, nao vi esse comercial que voce se refere, mas amei tudo que voce colocou sobre como uma menina deve ser.Concordo inteiramente com tudo.Abraços.

  2. Débora disse:

    Lilly,como já sabe eu tenho duas meninas,e vc definiu bem o que a gente espera delas,como a gente quer ver desabrochar o lado mais puro e especial em cada uma delas e quer acima de tudo que elas saibam melhor do que nós buscar a felicidade nas pequenas coisas.De certa forma a gente se realiza nos filhos,a gente deseja que as coisas para elas sejam mais definidas,que elas tenham consciência e se achem antes do que nós nos achamos,que elas consigam dar passadas mais largas que as nossas e que possam alcançar o que nós não vimos.Bem eu acho que é mais ou menos isso…
    E mais uma vez obrigada por nos fazer parar para pensar em assuntos tão interessantes…bjos.

  3. Lindo, simplesmente lindo o texto!
    Gracias por publicá-lo aqui 🙂

    Beijão,

    Sil
    esquinadasil.blogspot.com

  4. Silvana disse:

    Bárbaro queridona, nesse você arrasou.
    Eu só tenho um menino, Fabrízio, e acho que nasci para ser mãe de menino mesmo, não tenho muita paciência com detalhes femininos, laços, fitas, meinhas, sapatinhos etc etc, meu negócio é mesmo um tênis, bermuda e camiseta kkkkkkk, meu filho veio mesmo de encomenda.
    Beijos

    meumundocordeabobora.blogspot.com

  5. lilly.e muito bom ter filha mulher,agradeco a Deus po nao ter uma casa so de machos.Mas,elas podem ser ao longo do caminho:chatas,fazer vc de idiota na frente do seu marido,te enganar com aquela velha estoria que estao nas casas das amigas,quando estao na verdade numa festa que vc nao gostaria,enfim….ser assim como a gente foi,por isso a “briga” eterna:eu fiz o que vc faz,mas por favor nao me conte!rsrsrsr.Beijo grande sempre,querida.zenaide storino.

  6. monique disse:

    quem pintou este qaudro qual o nome do pintor , e lindo perfeito o texto o quadrp tudo ameiiiiii *———-*

  7. Pingback: Desafio 7 links « Isso é coisa de lilly

  8. Que posto lindo……Vim para aqui nele por conta dos “7 links” (fiquei curiosa, claro) e adorei q vc gostou de te rfeito o post dos ladrilhos hidráulicos, que me ajudou tanto! 🙂
    Mas realmente este post me emocionou. Vou passar mais vezes no “Coisa de Lilly”…
    bjs.
    Paola Gil

  9. Pingback: uma loja que é um encanto | Isso é coisa de Lilly

  10. Líbina Paes disse:

    Tenho vontade de ter uma menininha assim…

  11. ana Lucia Pannain disse:

    lindo texto!

  12. Ursula disse:

    Eu nao tinha lido este post….mas veio a calhar com o momento em que vivo com a minha menina de cabelos longos e escuros, sem cheiro bom, sem flor, que quer roupa de marca, mudar de escola com as amigas….e me deixa com a sensação de que os 13 anos investidos até hj para educar-la e lhe passar valores foram em vão….that’s the life!

  13. Lúcia Soares disse:

    Tive 2 meninas, Lilly. E tenho 1 neta. É mesmo uma delícia tê-las em nossa vida. São diferentes dos meninos, nem melhor, nem pior. Podem ser doces e bravas. Organizadas e bagunceiras. Querem cabelos curtos, quando pequenas e os deixam enormes depois dos 30. rs São meigas ou não. São fortes e fracas. É uma luta fazê-las entender que fazer propaganda gratuita, ainda pagando caro, por uma roupa é bobagem (só muitos anos depois, quando o dinheiro é delas, é que entendem nossa filosofia…rs). Enfim, só podemos enfeitá-las, colorí-las, diferente dos meninos. No mais, é tudo igual. rs Beijoooo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s