Um litro de lágrimas

Um dia eu entrei aqui no escritório onde divido a mesa com os filhos e ouvi uma musica que gostei muito.

Era uma musica japonesa.

Sim! Eu adoro musicas japonesas, de Ayumi Hamasaki , de  Misia…e sempre fico de ouvidos em pé quando ouço alguma.

A musica era Konaiuki do Remioromen. Bonita e triste. Rô me disse que a musica era tema de uma novela chamada Um litro de lágrimas (Ichi Rittoru no Namida).

Um litro de lágrimas conta a estória (real) de Aya Kitto, uma menina nascida em 1962 e que aos 15 anos teve o diagnóstico de degeneração espinocerebelar, uma doença incurável.

Aya manteve um diário aconselhada por sua mãe, para que o médico soubesse do avanço da doença. Alem de falar sobre a doença Aya tambem colocava ali seus pensamentos e incertezas sobre o futuro.

Em 1986, 8 anos após o diagnostico e já quase sem movimentos, sem poder segurar a caneta e conseguindo se comunicar com a ajuda de  uma tábua com o alfabeto japones, ela publicou o diário.

Nele conta todos os sintomas de sua doença; da perda de equilíbrio, dos reflexos lentos à imobilidade total. Fala tambem da falta de sensibilidade dos colegas de escola que não a aceitavam achando que a menina que caía à toa e se escorava nas paredes atrapalhava demais.

Aya teve maturidade para aceitar a doença e crescer com ela.

Muitas vezes se questionou porque continuava viva se causava tanto prejuizo aos pais, por ser uma pessoa lúcida mentalmente dentro de um corpo deficiente.

Por fim aceitou que estaria viva enquanto seu coração batesse.

A ultima frase de seu diário foi:O fato de eu estar viva é uma coisa tão encantadora e maravilhosa que me faz querer viver mais e mais”.

Faleceu com 25 anos, em 1987.

Depois que  assisti o filme eu penso que muitos fazem  um dramalhão por nada e há pessoas que levam com muita dignidade  e resignação um sofrimento destes.

Eu me lembrei do filme pois lí na Folha ontem que o drama de Aya virou mangá.

Mais uma forma de acompanhar esta estória.

Anúncios

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em cinema, coisas que gosto, musicas. Bookmark o link permanente.

6 respostas para Um litro de lágrimas

  1. poetriz disse:

    O que eu gosto da cultura oriental é todo esse drama!
    Sou apaixonada por filmes orientais, mas faz um tempão que não vejo um… vou voltar a esse prazer em 2010!

    Feliz ano novo!

    Bjs!

  2. Rosi disse:

    Ahhhhh Lilly, Amo filmes orientais!!!! Todos aqueles efeitos, e os mangás…e a filosofia…nossa…tem uns anos que tenho andado por esse território e me apaixonado.

    Você tem feito excelentes observações em seus escritos sabia…adorei o resumo sobre Avatar…

    Bjs!
    Feliz Ano Novo Queridona!!!!!!!

  3. Lilly, obrigada por compartilhar conosco sobre a cultura japonesa. É sempre muito enriquecedor aprender sobre as diferentes culturas que habitam o planeta terra!
    Depois vou pesquisar essas músicas que você mencionou.

    Beijão!

    Sil
    esquinadasil.blogspot.com

  4. ériko disse:

    Me falaram desse drama,assisti meio que contrariado…voce se apega a personagem principal,quem ainda não assistiu,procure no youtube que tem legendado,não irá se arrepender!

  5. Mayra Trigueiro disse:

    Adorei esse filme…realmente chorei “1 litro de lagrimas”

  6. wendt disse:

    gostaria que me envie a letra em portugues obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s