incorporando a dita

agosto é o mes do desgosto?

nãoooo…é dezembrooooo, mes que eu tiro ferias…e a empregada tambem!!!

aí eu incorporo a dita, a zefa, a escrava isaura  lere lere, bem, não adianta chorar, espernear, dizer que no resto do ano não faço nada e portanto não estou acostumada…dezembro chega e eu tenho que ralar.

limpezae tem que levar na boa.se não vira tortura. limpar-lavar-passar-cozinhar-tomar conta de criança-levar a doga pra andar- fazer supermercado,…

então neste exato momento em que estou no meu 5º dia de ferias, já estou cansaderrima e precisando de dois dorflex!

tudo bem que sou espertinha e faço trocentas coisas ao mesmo tempo, dou uma geral na casa aproveitando pra fazer o que a secreta não faz: arrumar gavetas, armarios, separar o que precisa ser doado ou consertado.

a roupa jogo na rosecreide ( a maquina genteee), e sai limpa e cheirosa; se saísse seca e passada aí sim eu ganhava o dia…

passar roupa é o Ó…então pra evitar este aborrecimento eu inventei o metodo lusitano de passar roupas; é assim: ponho a roupa pra lavar, enxaguo com muito amaciante. do varal, a maioria já vai direto p/a as gavetas, e as que ficaram muito amassadas eu coloco em um monte… aí eu lavo de novo! destas que lavei de novo  algumas já guardo sem passar, pois depois de duas lavadas ficaram “passadinhas” !! e o método vai se repetindo…já fiquei 20 dias só lavando, sem passar….heheheheh OK!!! não é tãooo esperto assim, mas me poupa de enfrentar o ferro.

lavarroupatododia

outra coisa chata é cozinhar, o pior então é decidir o que fazer.

então quando vou pra cozinha…rezo pra fazer algo que todos comam sem reclamar, sem falar que eu sujo um monte de coisas, e acabo tendo que lavar a cozinha todo dia!

o melhor metodo é fazer todo dia “comida de domingo”, assim eles não reclamam; então um dia eu faço fricasse´, um dia estrogonofe, lasanha, etc…nem preciso dizer que estas ferias acrescentam  quilinhos a mais em todos.

mas não é só sofrimento…quando acabo tudo, tomo aquele banho e saio pra bater perna.  e aí, se eu comprar algo pra mim, não é gasto, é compensação, pois estou compensando o trabalho escravo.

Sobre Lilian

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em empregadas, encarnando a Zefa, eu tenho que comentar!. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s