4º livro de 2014 – Um certo verão na Sicília – de Marlena di Blasi

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Um livro que li num final de semana.

Desta vez eu peguei tres livros, fiquei com este e repassei dois para uma amiga que le muito mais que eu.

Primeiro livro de Marlena que leio, e me parece que é continuação de Mil dias em Veneza, onde conhece e se casa com Fernando.

Neste romance ela recebe a incumbencia de fazer um artigo sobre o interior da Sicilia.

Ela, junto com o marido,  perambulam por vilas e aldeias mas o povo nao é muito receptivo, e um dia ela pergunta se alguem poderia recebe-los como hóspedes.

Mandam-na para a casa de Tosca, uma mulher bela e imponente que ali mora com dezenas de pessoas.

Aos poucos a estória de Tosca vai sendo contada, em parte por Agatha, em parte por Cosimo, o padre e finalmente pela propria Tosca.

Várias considerações sobre o livro:

_com o tempo, o passar dos ano, ou a idade mesmo, sei lá o que,  eu achei que estava perdendo aquela capacidade de viajar e de imaginar enquanto lia…por incrivel que pareça, durante a leitura eu fui imaginando tudo, os trigais dourados, as lavandas, as paredes em estuque amarelo, a beleza de Tosca nas suas várias idades…

_ quando li Pássaros Feridos passei a imaginar a cor “cinzas de rosas” do vestido de Maggie; na minha cabeça era um rosa esmaecido acinzentado, suave.

Em Umcerto verão, Tosca usa um vestido marrom prateado que ela empresta depois para Chou…este marrom prateado ficou na minha cabeça, e eu fui misturando tons e pensando em sombras

marrom

e esmaltes como o famoso the world is not enough, da OPI…

the-world-is-not-enough

e por fim aceitei que era um marrom acastanhado, furtacor.

Mas foi dificil… minha imaginaçao anda meio enferrujada.

_Ah, eu tambem quero saber tudo sobrea a pessoa que escreveu o livro e vou ali dar uma breve pesquisada na vida do escritor, ver como é a cara dele.

Tipo assim, eu ja falei que Harlan é feio como o Fester da Familia Adams e escreve super bem…e o Sparks com aquele corpo malhadão, 4 filhos, uma cara linda e tudo mais e  escreve como uma mocinha.

Aí fui pesquisar tia Marlena, e ela parece aquela amiga que exagerou no botox… bem diferente da silfide ruiva que imaginei no romance.

Marlena e Fernando

Vale lembrar que como chef de cozinha e escritora de livros de gastronomia e vinhos, as descrições que Marlena faz das comidas fazem qualquer um babar.

Publicado em livros | Deixe um comentário

3º livro de 2014 – E nós chegamos ao fim, de Joshua Ferris

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

O ex publicitário Joshua Ferris escreve muito bem.

O romance é narrado na primeira pessoa do plural e eu não fiquei sabendo quem é o narrador, pois ninguem interage com ele.

Às vezes dramático, às vezes hilário, aborda as relações humanas dentro de uma agência de publicidade que não anda muito boa das pernas, lá pelo final dos anos 90.

Todos os empregados são extremamente bem pagos, mas começam a perceber que as coisas não andam bem quando as flores e balas e todos os mimos que estavam acostumados começam a desaparecer.

Depois são as demissões. Um a um, os funcionários começam a ser demitidos; e o pânico se instala.

Com poucos projetos para desenvolver eles passam o dia fazendo fofocas, bolões sobre quem vai morrer primeiro ou quem será o proximo a ser despedido.

A instabilidade torna todos desconfiados, e as verdadeiras intenções de uns em relação aos outros começam a aparecer. Benny, Tom Mota, Marcia, Karen Woo, Joe, Chris, cada um deles tem algo que já vimos em alguem conhecido, o que torna a estória bem interessante.

Daqueles que a gente lê de uma sentada.

E este foi o ultimo livro de janeiro.

Publicado em livros | Deixe um comentário

2º livro de 2014: Alta Tensão, de Harlan Coben

alta tensão harlan coben

coisadelilly.wordpress.com

Não sei quantos livros de Harlan Coben já li, mas vou continuar lendo tudo que aparecer pela frente.

Nos livros de Harlan Coben seus personagens são sempre os mesmos: Myron Bolitar, ex atleta e atual agente de celebridades e seu socio o aristocratico Win (Windsor Horne Lockwood III), e a ex lutadora de vale tudo Esperanza Dias, mais conhecida como A Pequena Pocahontas, que passou de secretaria a sócia da empresa.

Apesar de ser uma firma de representação, a cada trama estes tres se metam em muita enrascada onde não só batem, mas apanham pra valer. Já fiquei intima deles e dei a cada um um rosto e caracteristicas proprias.

Harlan Coben nunca é monotono e apesar dos mesmos personagens, cada livro é uma surpresa.

Tão diferente de Nicholas Sparks, pois em seus livros as mocinhas e mocinhos são todos iguais e os bandidos tambem, as estórias são sempre parecidas com algum filme meloso que voce ja assistiu e todo mundo sofre muuuuito de amor até se acertar.

Harlan é mais o Fester da Familia Adams enquanto o Nicholas é aquele gato malhado que todo mundo ja conhece.

Mas Harlan é Harlan assim como Nicholas Sparks é…deixa pra lá vai!

ops, sobre o livro: excelente como todos os do Harlan.

Publicado em livros | 1 Comentário

1º livro de 2014 – O livro de Julieta, de Cristina Sanchez-Andrade

o livro de julieta, post de coisa de lilly

o livro de julieta, post de coisa de lilly

Então chego ao primeiro livro do ano, O Livro de Julieta.

Fino, apenas 149 páginas, a capa rosa e texturada em arabescos em rosa mais claro, me fez com que eu parasse as vezes para acaricia-la enquanto pensava nas palavras impactantes da escritora.

É muito interessante perceber agora como este lindo nome me persegue a meses… peguei 3 livros com o mesmo nome no titulo, sendo que um foi uma decepção mortal ( Julieta Imortal, e é um trocadilho, então riam, pois hoje estou fraca de trocadilhos, mas fortissima em pecadilhos).

Este é um livro verdadeiro sobre uma mãe, Cristina, a escritora, que tem 4 filhos, Bárbara, Alvaro, Julieta e Inès.

Julieta nascida em março de 2003 tem sindrome de down… Como cita em uma frase de Vargas Llosa logo no início, “Escrever um romance é uma cerimonia parecida com um striptease”, Cristina se despe de tudo para falar com sinceridade sobre como é ser mãe de uma criança com down.

As frases que estes pais ouvem desde o inicio do diagnostico e durante toda a sua vida me chocaram e me vi dizendo as mesmas coisas em ocasões parecidas.

Frases como “essas coisas só acontecem com gente boa”…ou “são anjos”… “são eternas crianças”… “são muito carinhosos”…”tem sindrome de down? isso melhora a medida que o tempo passa ( é mentira, não melhora nunca).

São frases que dizemos como consolo, mas é melhor não dize-las.

É tão dificil no inicio entender se Cristina é feliz ou infeliz com o fato da filha ser down, mas na verdade vejo que ela tomou para si o fardo de educa-la, socializa-la, entende-la, enquanto que o pai, Daniel, apenas se contenta em ama-la.

Parece que uma das maiores ajudas que Cristina teve veio de uma das terapeutas mais secas que teve e que disse “voce ama Julieta. mas é um amor dificil de ser reconhecido por conta do panico que o acompanha”… e isso eu ja imaginava antes de ler o livro, apenas  vendo pessoas que conheço e que são pais de filhos especiais: o medo do futuro.

Com quem fica aquele filho quando os pais morrem?

As pessoas não se acostumam com quem é diferente.

A mãe, no livro, tem que lidar com isso constantemente, segurando a raiva contra o preconceito e até com as pessoas que tentam ser compreeensivas.

Um exemplo disso é no trecho onde ela narra que um taxista, que se esforçou ao máximo para se comunicar e agradar Julieta pergunta ao final do trajeto:

“_a senhora tem mais filhos?

“_ Tenho. “

“_ E são todos assim? ”

“_Não, são todos de tamanhos e cores diferentes“.

Cristina vive um dia de cada vez, e a sua maior intenção é ser sempre amiga de Julieta.

Um livro lindo, para ser lido e relido.

Este e os anteriores eu peguei na Biblioteca Municipal de Araçatuba.

abaixo, uma foto de Cristina e sua linda filha Julieta.

Cristina e Julieta, coisadelilly.wordpress.com

Cristina e Julieta, coisadelilly.wordpress.com

 

Publicado em livros | 1 Comentário

41º livro de 2013 – Julieta , de Anne Fortier

Capa_Julieta_comHot_25mm.pdf

Eu ja tinha lido este ano um livro chamado Julieta Imortal, sobre uma Julieta que reencarna em pessoas apaixonadas e é perseguida por um Romeu tambem imortal, mas do mal. Li tal livro rapidamente, sem muita atenção e ao final devolvi aliviada.

Volto à biblioteca e vejo  JULIETA.

Um livro grosso, capa linda ( nunca julgues o livro pela capa!, mas quem nunca?).

Sopesei-o na palma da mão avaliando se daria para acaba-lo antes de 31/12, ou se ele faria parte das estatisticas de 2014.

Apesar de ter pego o livro bem desconfiada, logo nas primeiras páginas já me envolvi com a narrativa rapida da escritora.

Julie e Janice são gemeas que nasceram na Italia, com os nomes de Giulietta e Gianozza, mas foram morar com sua tia avó Rose depois que um acidente matou sua mãe.

Mas a tia morre, deixando tudo para Janice e para Julie resta uma carta onde ela a instiga a ir para Siena procurar um tesouro escondido por sua mãe, Diane, antes de morrer.

O que Julie encontra é um caderno com esboços de uma escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o diário de um famoso pintor italiano, morto a 600 anos contando a estoria de dois jovens, Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, que morreram por causa do odio entre as familias Tolomei e Salimbeni.

O que Julie, agora Giulietta, pois assume o nome de batismo, quer, é acabar com a maldiçao que pesa sobre sua familia.

Um livro excelente.

Publicado em livros | 1 Comentário

40º livro de 2013 – É agora…ou nunca – Marian Keyes

Bem, outro ano que não atinjo a minha meta de 50 livros, ou seja uma média de 1 por semanaagora ou nunca

Mas tudo bem, que o que vale ultimamente para mim é qualidade e não quantidade, então no ano que vem vou baixar minha meta para 40 livros, ou seja, um a cada 10 dias, ou 3 por mes, como preferirem.

Marian Keyes é diversão garantida ou seu dinheiro de volta. Seus personagens são cruelmente reais, e bebem muito, comem por compulsão, transam loucamente, e ainda conseguem ser engraçados.

Katherine, Tara e Fintan são irlandeses, no inicio dos trinta anos e moram em Londres, e estão muito bem no trabalho. Já suas vidas pessoais estão precisando de um upgrade. Katherine esta sem namorado, Tara amarrada a uma pessoa mesquinha e Fintan apesar de realizado no amor e na carreira tem cancer. Liv é uma outra amiga, sueca que eles adotaram e que se esforça pra seguir o ritmo louco destes amigos.

É um livro sobre amizades, como em todos os outros da Marian.

Os amores vem e vão, os empregos tambem, mas as amizades ficam.

Quando bem cultivadas, claro…

E eu comecei a ler Garotas de Vidro, mas é sobre adolescentes com anorexia…e o assunto não me interessa.

Ja parei.

Publicado em livros | 1 Comentário

39º livro de 2013 – Quase Noite – Alice Sebold

Alice Sebold é uma das melhores escritoras da atualidade.

Nao li seus livros anteriores, mas Quase Noite me deixou bem intrigada.

A personagem Helen ja revela na primeira linha que matou a mãe, doente e com 88 anos.

A narrativa é super rapida e vai da atualidade a infancia de Helen, quando a mãe dá os primeiros indicios de ser uma pessoa psiquicamente transtornada.

Clair é uma mulher amarga, mimada e doente. Helen e seu pai sofrem com os desmandos e a instabilidade emocional dela.

Um livro com um final dificil…

 

Publicado em livros | Deixe um comentário

38º livro de 2013 – Hereafter- Eternidade, de Tara Hudson

Antes deste eu li O Sexo e a Cidade quase inteiro procurndo nele a graça que a serie tinah e não achei.

Amélia é uma menina que morreu afogada e ainda hoje vaga pela terra. Ela salva Joshua de morrer afogado no mesmo rio e a quase morte faz com que ele possa ver a menina.

Eles começam a amizade….e depois um romance

Mais um livro de fantasminha camarada, e o primeiro de uma trilogia.

Depois deste eu li O melhor de mim, quase inteiro tb, mas devolvi antes de acabar…Nick Sparks está perdendo a graça pra mim.

Publicado em livros | Deixe um comentário

Impala- verniz extra brilho cobertura espelhada

A IMPALA nunca me deu UM brinde, ou presentes e nem esta me pagando nada por este post ( mas deveria).

Eu sei que a maioria das blogueiras só faz post com jabá, mas não é meu caso, que usei o produto e amei.

Pra quem torce pano de chão, lava louça com agua quente, este extra brilho não sai nem a pau!

impala verniz

Publicado em cabelo/moda/maquiagem | 1 Comentário

37º livro de 2013 – Bem mais perto – Susane Colasanti

Brooke é apaixonada por Scott desde a setima serie, e quando acha que o relacionamento vai engatar fica sabendo que ele se mudará para NY.

Como seu pai mora lá tambem, Brooke se arma de coragem e pede para a mãe deixa-la passar uns tempos com o pai.

É muita coincidencia que eles estudem na mesma escola e morem no mesmo bairro?

É, mas livros romanticos para adolescentes são assim mesmo.

Brooke tem um “defeito” : um Q!I altissimo que ela disfarça com notas baixas para ser aceita entre os alunos. Maas se n escola anterior este defeito não era notado, na escola nova os professores a notam e a convidam para dar monitoria a alunos que precisam de acompanhamento.

Brooke vai conhecer mesmo contra vontade novos amigos e perceber que as antigas amizades nao acompanham a sua evolução.

Publicado em livros | Deixe um comentário