21º livro de 2014 – Anjos caídos de Tracy Chevalier

coisadelillywordpress.com

coisadelillywordpress.com

Terceiro livro de Tracy Chevalier que leio e a constatação: Tracy sabe como ninguem transportar o leitor para a época narrada.

Neste romance as familias Coleman e Waterhouse se encontram no cemitério no um dia depois do falecimento da rainha Vitória. Os Waterhouse (Albert, Gertrude e as filhas Lavinia e Ivy) são tradicionais, reverenciam a realeza.

Os Coleman (Richard, Kitty e a filha Maude) são mais modernos. Mas as duas familias notam que suas filhas de 6 anos ficam amigas, e a mudança dos Waterhouse para o mesmo bairro dos Coleman dá inicio a uma convivencia feliz para as duas meninas mas desconfortavel para as familias.

Cada capitulo do livro é narrado em primeira pessoa por um personagem e o que é legal é a mesma situação recebe uma interpretaçao diferente.

Vale a pena.

Publicado em livros | Deixe um comentário

20º livro de 2014 – Noites de tormenta – Nicholas Sparks

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

1-como sempre a melhor coisa dos livros do Nicholas é a foto dele na contracapa.

2- ja tinha assistido o filme e fiquei vendo o Richard Gere e imaginando…

3- Richard meu filho, voce tem que parar de morrer  nos filmes! vai que um dia dá certo e vc morre mesmo…

obs: um bom livro, mas sem novidades

Publicado em livros | Deixe um comentário

19º livro de 2014 – Roubada – Lesley Pearse

David passeia pela praia quando encontra um corpo. É uma moça, bem jovem, aparentando 20 e poucos anos e ainda está viva.

No hospital notam que a moça alem dos inumeros machucados tambem está desmemoriada. Os jornais publicam sua foto e ela é reconhecida como Lotte Wainwright por Dale, uma esteticista. Dale e Lotte trabalharam durante um ano juntas em um navio de cruzeiros. Agora só falta ajuda-la a recuperar a memória, para que ela possa voltar a sua vida antiga. Mas Lotte sofre um atentado no hospital.

Todas as atençoes se voltam para ela: que segredo ela esconde e quem a quer eliminada?

Daria um bom roteiro praa um filme cheio  de gente bonita…quer dizer, tão bonito quanto se pode ser um ingles, porque, ooo povo hein?

ainda bem que tem o Hugh Grant…

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Publicado em livros | 3 Comentários

18º livro de 2014 – As Luzes de Setembro _ Carlos Ruiz Zafon

Como eu ja suspeitava, pelo cenário, ambientação, *outra trilogia do Zafon.

Desta vez, a trilogia da névoa….da qual eu já li O Principe da Nevoa, um livro descrito pelo Zafon como direcionado ao publico juvenil.

 

No verão de 37 Simone Sauvelle enviuva e aceita um trabalho como governanta na casa de um excentrico fabricante de brinquedos, Lazarus Jann.

Muda-se com os dois filhos, Irene e Dorian para uma cidade no litoral da Normandia.

Todos se adaptam bem quando um crime acontece e uma sombra sinistra ameaça os moradores da cidade.

Achei bom, mas um pouco fantastico e assustador, pobres criancinhas…

coisadelillywordpress.com

coisadelillywordpress.com

* é do Zafon a trilogia que inclui o livro A Sombra do Vento

Publicado em livros | 1 comentário

17º livro de 2014 – A culpa é da estrelas – John Green

Eu tentei por tres vezes e não consegui ler.

Semana passada a biblioteca estava fechada para informatização do sistema, e eu me vi com este livro na cabeceira.

Ele me olhou…olhei pra ele, não tem outro, vai tu mesmo meu filho.

Hazel,16,  é uma paciente terminal de cancer. Ela já nao vai com frequencia a escola, mas vai num grupo de apoio a doentes com cancer e é lá que conhece Augustus Waters,17, em remissão.

A amizade entre eles ja deixa antever um futuro romance, mas como escrever um romance sobre duas pessoas com um futuro tão pequeno?

Livro bom, mas não justifica a histeria dos “adoles”.

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

16º livro de 2014 – Los Angeles, de Marian Keyes

O sexto livro de Marian Keyes.

A esta altura da vida eu deveria aprender a não ler vários livros de um escritor. Pois ele acaba se tornando chato.

Esta regra não se aplica à Agatha Christie ok crianças? Nem a John Grishan, ou Robert Ludlum e outros escritores dos quais fiz tudo ao que estava ao meu alcance pra ler cada nova publicação.

Marian Keyes não pára de falar da louca familia Walsh, a mãe doidissima, o pai avoado e as cinco filhas porra loucas Maggie, Claire, Helen, Anna e Rachel.

Elas são sempre lindas de morrer, inteligentes, se dão bem em tudo, a vida delas é uma sucessão de festas e empregos glamurosos e bebedeiras. é engraçadinho.

Aliás é sempre tão engraçadinho que enjoa.

Neste romance Maggie  a certinha, se separa do marido e vai pra Los Angeles, na casa da amiga roteirista. Muita festa, muita loucura, muita bebedeira again…

Cansei…agora estou dando um tempo enquanto leio “A Culpa é das Estrelas”…já é a 4ª vez que pego pra ler e páro, mas em junho sai o filme, e eu sei que vou assistir e me derreter de chorar.

Melhor ler o livro antes então.

Publicado em livros | Deixe um comentário

15º livro de 2014- Eva Luna, de Isabel Allende

Eva Luna, de Isabel Allende.

Um romance antiguinho, de 87.

Embalada pelo A Soma dos Dias, peguei este romance.

Eva é filha de uma doméstica e um indio, uma mulher de beleza rara, que se torna uma escritora.

Sua vida é marcada por personagens pitorescos como a madrinha louca e  a amizade com Mimi  o travesti.

Gostei, mas esperava mais.

Publicado em livros | Deixe um comentário

14º livro de 2014 – A Soma dos Dias, de Isabel Allende

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Quando li A Casa dos Espíritos, lá nos anos 80 me apaixonei por esta mulher pequena e brava.

Na epoca eu a chamei de Gabriel Garcia Marquez de saias, mas com o passar dos anos vi que esta comparação não tinha razão de ser: Gabriel é Gabriel.

Isabel é ela mesma.

E os dois são incomparaveis, unicos e geniais.

Em A Soma dos Dias, Isabel conta pedaços de sua vida a sua filha Paula, ja falecida.

Fala de seu amor e apego a sua familia, que cresce a cada dia com os agregados que vão surgindo, do marido Willie, das amizades que a rodeiam, das suas “amigas da desordem”, um grupo de amigas que rezam umas pelas outras, que se apoiam, guardam segredos e se amam.

Ela fala da inspiração para seus novos livros, do cuidado com os netos e com o unico filho que lhe sobrou, Nico.

Tudo isto ela conta a Paula, com uma delicadeza e um carinho comoventes.

Publicado em livros | 2 Comentários

13º livro de 2014– Não é sopa, de Nina Horta

coisadelilly.wordpress.com

coisadelilly.wordpress.com

Não é sopa, de Nina Horta, 367 páginas, Companhia das Letras.

Este livro publicado em 95 é uma coletanea das cronicas escritas por Nina para o jornal Folha de São Paulo, cronicas gostosas, em que se fala de comida sem frescura.

Nina fala de suas lembranças no sitio em Parati, de suas mestras de culinária,  deescritores, filmes…

Da comida da alma, que eu chamo de comfort food se fala um capitulo inteiro; aquela comida que consola e que acalma as tristezas.

E de comida perversa, aquela que voce sabe que te faz mal, mas come com prazer; é a comida de boteco, o pastel de feira, o torresminho, o resto de pizza que dormiu na geladeira.

Da comida de infancia que só se faz na sua familia.

Li uma ou outra cronica de Nina. Ler várias delas de uma vez me inspira a escrever sobre a culinaria diferente e saborosa da minha avó Olga e da minha mãe.

 

Publicado em livros | 1 comentário

12º livro de 2014 – Tem alguem ai? de Marian Keyes

O livro começa com Anna Walsh morando na casa dos pais em Dublin, depois de algum acidente que só vamos entender qual é lá pela pagina 200 e pouco.

Sua vida, seu emprego e seu marido ficaram lá em NY e ela quer voltar pra lá para recomeçar a vida.

Já li trocentos livros da Marian e todas as mulheres de todos os livros são ela: irlandesas, loucas, bebem, usam uma ou outra droga ocasionalmente e são de familias engraçadas.

Não há muito o que acrecentar, um livro divertido, como todos os outros dela.

Ponto pra Marian.

Publicado em livros | 4 Comentários