a questão das sacolinhas plásticas já encheu o saco!

enfurnada que estou desde que quebrei a perna, tenho saído pouco de casa.

e esta semana quando fui ao supermercado, depois de passar minhas compras, a caixa perguntou: voce trouxe alguma sacola?

diante do meu desconcerto, ela disse que arranjaria umas caixas pra mim.

ahhh, caiu a ficha! já fazia tempo e poe tempo nisso, que estavam anunciando a retirada das  mal afamadas sacolinhas plasticas dos supermercados.

nos ultimos anos estão colocando a culpa de tudo nelas: do entupimento de bueiros, morte de peixes, tartarugas, golfinhos etc…

a substituição das sacolinhas por outra forma de carregar as compras começou no estado de São Paulo, e foi um acordo entre a associação dos supermercados e a secretaria do meio ambiente que quer tirar de circulação quase dois bilhões de embalagens plásticas. haja saco, ops, sacola!

pípol,  as tais sacoleenhas até são práticas pra carregar compras e depois muita gente ainda reutiliza para colocar lixo, mas tá na cara que elas nunca foram cedidas a troco de nada.

nenhum supermercado anunciou :

COMPRE AQUI E LEVE GRÁTIS LINDAS SACOLINHAS PLÁSTICAS!

seu custo, assim como tudo o que está lá (o ar condicionado, a musica ambiente, o bebedouro, o cafézinho e sim! eu compro em supermercado chique!) é cobrado de alguma forma.

embutido no preço de alguma mercadoria?  certamente.

ou acham que ganham a sacolinha só pela beleza dos seus olhos? então tá.

as opções para carregar as compras são várias:

pode-se comprar ao custo de R$ 0,20 sacolas biodegradáveis de amido de milho; usar eco bags, que até um tempo atras eram distribuídas a torto e a direito em qualquer evento ( eu tenho umas 5 de propaganda de marca de arroz, de supermercado, de inseticida…); colocar caixas de papelão no porta malas do carro ( é o que meu pai faz); usar um carrinho de feira, colocar tudo no carrinho do supermercado e levar até o carro…cada pessoa vai escolher o melhor meio.

eu vou deixar as eco bags no carro; dobradas não fazem volume.

e agora vou pensar antes de colocar a compra no carrinho: o que estou levando vai caber nas sacolas que trouxe?

é um meio de diminuir o consumo também.

diminuindo o consumo, os supermercados tambem vão sentir e quem sabe não passam a ceder por um preço menor ou mesmo gratis, e é claro de forma controlada, sacolas biodegradáveis.

digo de forma controlada, senão em pouco tempo olha aí 2 bilhões de sacolas circulando novamente!

agora pára tudo!!!

todos acharam super fofo, ético e o escambau quando lançaram as eco bags, e agora não querem usar???

todo mundo gostou quando elas apareceram e viram alí  a chance de ser ( ou parecer) mUderno, descolado, antenado, ecológico e até mesmo ecochato!

as ecobags estão aí, todo mundo tem, todo dia tem PAP de ecobag, de furoshiki, então faça ou compre uma!

todo mundo na onda dos 3 Rs: reciclar, reutilizar e reduzir, transformando latinhas e caixinhas em objetos dos quais não precisamos, mas não podemos esquecer que o “R”mais importante depois de reciclar é RE-DU-ZIR.

PS 1-a discussão começou no facebook e eu até andei compartilhando, mas depois pensei bem e produzi este post.

PS 2-as tais sacolas biodegradáveis são uma porcaria, rasgam fácil!

About these ads

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.
Esse post foi publicado em coisas que passam na minha cabeça. Bookmark o link permanente.

18 respostas para a questão das sacolinhas plásticas já encheu o saco!

  1. Adriana Magre disse:

    Essa questão enche mesmo. A iniciativa de diminuir o lixo é válida. Mas não podemos esquecer que não existe meio acerto – há outros tantos bilhões de plásticos em embalagens e até na seção de frutas… que também fazem mal ao meio ambiente. Isso foi lobby de mercado!!!

    E ecobag produzida na China a condições escravas e prejudicando o meio ambiente (lá eles não ligam para isso) não tem nada de MUderno, né?

    Eu, assim como todo mundo, estou dividida entre os prós e os contras, sem posição definida. É bom e ruim ao mesmo tempo.

    Na minha vida, nada mudou. Eu já andava de ecobag, carrinho e mala térmica no carro. Quanto a levar a sacola, nem ligo. O mercado que eu faço compras nunca teve sacolinha plástica (SAMS CLUB). Se quer sacola, compra (e é grande, de saco reciclável, desde sempre). Vou passeando no corredor e pegando as caixinhas de papelão (fica tudo tão arrumadinho!!!!), já embalando. Chego em casa, guardo tudo bonitinho sem trabalho.

    Faço como a vovó! E a vovó é que sabia das coisas, não desperdiçava nada!

    Beijos

  2. patricia disse:

    Não sei pq tanta discussão. Nunca gostei dessas sacolinhas plásticas. Sempre me obriguei a guardá-las para usá-las até a morte. E qdo soube que as pobres tartarugas são assassinadas por essa gente porca que as joga na praia, quase tive um surto. Eu, como compro muito, preciso de caixas e mais caixas. Mas não reclamo. Sou consumista, mas assumo. Levo o carrinho até o porta-malas (ou bagageiro) e despejo as compras lá. Ponto final.

  3. Lúcia Soares disse:

    Lilly, aqui em Belo Horizonte estão proibidas desde abril do ano passado. No começo, custei a me adptar, acabava tendo que comprar as tais ecológicas a 0,19. Agora já me acostumei, ando com o carro ou com a bolsa cheia delas. (tá, o carro tem umas 3 grandes, mas na bolsa só uma pequena). Aqui tem um supermercado famoso que vende até sacolas estampadas pelo Ronaldo Fraga, super bacanas. As do Carrefour também têm uma estampa bonita. Enfim, lá vamos nós gastando mais e eles enriquecendo mais. Alguma medida tinha que ser tomada, visto que é muita sacolinha espalhada, poluindo por aí. Mas daí a cobrar por uma que demora o mesmo (quase) para se decompor, é rir da gente, não? Bj

  4. Paty Gidi disse:

    eu so nao concordo porque nao existe nada com relacao as embalagens plasticas dos produtos, e muito menos uma politica de reciclagem e coleta de lixo organico de forma limpa.

    pra vc ver, moro na amazonia local onde deveria ta em primeiro lugar a preservacao ambiental…e pra achar um lugar de reciclagem eh uma luta (ja desisti) e se a gente jogar o lixo fora de saco o lixeiro nao leva..

    enfim, isso pra mim sao as empresas querendo tirar vantagem do consumidor…

    bjus

  5. Marluce disse:

    Oi! Adoro quando recebo seus elogios, fico toda boba :)
    Esse negócio de sacolinha já torrou a paciência mesmo, já estão falando que esse papo todo de não ser ecológico não é bem assim. O problema é onde jogam fora as sacolinhas, mas aí é questão de consciência e educação da população. Se for assim vamos proibir sofás porque já vi sofás jogados onde não devia. rsrsrsrsrs
    Bjs

  6. Odete da Silva disse:

    Oi. Faz pelo menos 6 anos que adotamos as tais ecobags aqui em casa. Porta-malas lotadinho delas. Bolsa de mão sempre com uma dobradinha. No início nos olhavam como se fôssemos ETs, mas hoje já se conformaram. A atitude acaba contaminando a família e os agregados. No final é uma questão de hábito e persistência.
    Vejo mais reclamação da falta que as sacolas fazem para lixeirinha do que propriamente para as compras.
    beijim

  7. diasadois disse:

    Olha, eu concordo em relação ao desconto… os mercados vão sair ganhando?!
    Acho que a proibição das sacolas é um bom começo, mas falta empregar isso nos pacotinhos de canudinhos, pacotinhos de talheres, pacotinhos de guardanapo… e por aí vai. Tipo, comprar é permitido?! O supermercado dar é proibido, mas a gente pode comprar uma coisa que é tão ruim assim pro meio ambiente?!
    Enfim, acho que é um começo, melhor do que nada… mas estamos longe do considerado ideal…

    Beijos

  8. Aqui no Rio as sacolas plásticas ainda estão sendo distribuídas nos supermercados, mas já faz tempo que eu uso as eco-bags para fazer compras. Não vejo nenhum problema na substituição, para falar a verdade. É só uma questão de hábito mesmo.


    Camila Faria

  9. Maria disse:

    “Acho que a proibição das sacolas é um bom começo, mas falta empregar isso nos pacotinhos de canudinhos, pacotinhos de talheres, pacotinhos de guardanapo… e por aí vai”.
    Acho que todos, em qualquer parte, devemos começar também por estes pequenos pormenores também são muito importantes.
    Faço compras perto de casa. Aqui, paga-se 5 centimos por cada saco de plástico que pedimos.
    Se tirvermos um já usado, trocam por um novo, mas raramente levo para toca.
    Evito compraá-los, levando eu um saco que me ofereceram dos produtos de cabelo René Futerrer.
    Também tenho um carrinho , bem cool, que me ofereceram no Natal, mas ainda não o usei.
    Tento respeitar o ambiente. Por vezes, os sacos velhos, encho-os com o lixo, que é colocado à noite no passeio junto a casa.
    Mas há muito desperdício de plástico e papel.
    Ainda não está enraízado nas mentes e nas atitudes das pessoas.
    No que posso fazer, na escola, transmito a mensagem aos meus alunos. Mas há muitos que não aprendem…os pais são os primeiros a não tomarem atitudes de repsito para com o meio ambiente.
    Beijinho

  10. Samantha disse:

    Eu sempre pegava o mínimo de sacolas no mercado, muitas vezes o empacotador colocava uma coisinha em cada sacola e eu dizia pra colocar mais coisas, sempre tive horror a voltar carregada de sacolas, mas as que eu pegava usava pra colocar o lixo, agora vamos comprar saco de lixo, realmente o problema não é a sacola, mas sim o consumo, agora serão bilhões de sacos de lixo espalhados! Fazer o que?

  11. Oi Lilly!!!

    Tudo bem?

    Esse mês o blog Vista a Casa! está completando 1 ano! E tem sorteios todas as sextas feiras do mês!

    É só se inscrever no link da imagem no topo na lateral direita do blog até as quintas feiras a meia noite!!

    Os presentes são lindos!! Não vai perder hein!!

    Beijocas!

    Cris Araujo
    http://vistaacasa.blogspot.com

  12. Le disse:

    Ontem li em algum lugar que os supermercados são obrigados a fornecer alguma opção gratuita para o consumidor.
    Fui ao Pão de Açucar e não tinha caixa de papelão. Ainda bem que não fui fazer compra grande.
    Bom, quero ver se os mercados fornecerão algum tipo de sacola “gratuitamente”.

  13. Lícia Dutra disse:

    Oi Lilly,Tudo vira moda e a discurssão rola até encher o saco.Tá,tira as sacolinhas e as diversas embalagens de produtos que continuam por aí? No supermercado que vou nós compramos os sacos e depois eu uso para jogar lixo como muitas pessoas fazem,porque eu preciso jogar lixo em algum lugar…se não fosse essas sacolinhas eu teria que comprar sacos de lixos para pôr o meu lixo,não daria a mesma coisa? Beijos.

  14. cris disse:

    Oi Lilly!!! Aqui em BH, elas ja estão abolidas a meses. No inicio era estranho vi ate pessoas carregados mercadorias na mãos, heheheheh, Inúmeras vezes deixei de levar as minhas bags e hj faço coleção delas. Como me mudei para Contagem na divisa com BH, ando dez quarteirões e estou em Bh, volta mais dez e estou em Contagem, entao faço minhas compras por aqui, pois a moda ainda não chegou. Vai acostumando, o planeta Terra agradece. Bjus boa semana.

  15. Glaucia disse:

    Em BH doeu só no começo, foi uma reclamação só. Agora já acostumei,não moro em BH mas sempre faço compras por lá. De nada adiantará reduzir as sacolas e a população não tiver educação e continuar jogando lixo nas ruas, e algumas marcas de perfume, roupas que vão colocando sacolinhas, dentro de caixas e as caixas dentro de mais sacolas. É uma questão polêmica, mas acho que tudo parte da conscientização.

    abraços

    Gláucia
    http://www.repletodevida.blogspot.com

  16. Há algum tempo atrás, bem antes dessa converseira sobre as sacolas plásticas, pedi prá empacotadora colocar minhas compras numa caixa e o supermercado não me forneceu a caixa porque disseram q tinham que pegar no depósito e não sei o quê mais…
    Agora com toda essa converseira, fui ao supermercado e colocaram minhas compras numa caixa. Qdo cheguei em casa senti um cheiro forte de desinfetante, e qual não foi minha surpresa, colocaram minhas frutas e verduras dentro de uma caixa de Quiboa! É prá acabar!

  17. JOAO MIGUEL disse:

    AS SACOLAS PLASTICAS REALMENTE SAO UM GRANDE PROBLEMA AMBIENTAL E
    AS ”GARRAS PETES” QUE ESTAO EM TODA PARTE VAO SEREM SUBSTITUIDAS QUANDO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s